Ciro: “Interesses identitários não representam o interesse nacional”

Para o ex-ministro, "a esquerda antiga brasileira colidiu com a moral popular"

(Foto: ADRIANO MACHADO/REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Fórum - “Esquerda antiga brasileira que não entendeu nada colidiu com a moral popular”, declarou. “Os traços sociológicos, econômicos, culturais e morais estão presentes de uma forma definitiva na vida brasileira. A velha esquerda, hegemonizada pelo petismo, que trocou a concepção de país por um culto à personalidade também está tomada de ódio do povo brasileiro. Quando se refugiam nessas agendas identitárias apenas dão o queixo para bater”, afirmou o ex-ministro em entrevista.

“Não é que não sejam justas e devam ser patrocinadas, as mulheres são perseguidas mesmo, os negros são a parte mais vulnerável, os jovens são mais perseguidos, a comunidade LGBTQI sofre todo tipo de selvageria e eles têm que se ser protegidos, mas a soma desses interesses identitários não representam o interesse nacional. O interesse nacional é a chave”, disse ainda.

Leia a íntegra na Fórum. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247