Ciro não quer bater em Bolsonaro para não 'parecer arrogante'

Candidato a presidente pelo PDT, Ciro Gomes disse nesse sábado, 25, que tem evitado entrar em confronto direto com o candidato da extrema-direita, Jair Bolsonaro (PSL), para não parecer arrogante; ele se referiu aos eleitores de Bolsonaro na internet com o uma turma que prega o fanatismo. "Às vezes a gente acha que o Bolsonaro é alcançável porque é misógino, machista, porque segrega gays e porque segrega negros. Ele está com essa força relativa porque ele é isto. Infelizmente é uma fração do povo brasileiro que é isso. Que se sente representado por isso"

Ciro não quer bater em Bolsonaro para não 'parecer arrogante'
Ciro não quer bater em Bolsonaro para não 'parecer arrogante'

247 - Candidato a presidente pelo PDT, Ciro Gomes disse nesse sábado, 25, que tem evitado entrar em confronto direto com o candidato da extrema-direita, Jair Bolsonaro (PSL), para não parecer arrogante. "Se um cara como eu partir pra cima de uma pessoa com aquele despreparo parece arrogância", afirmou o pedetista, durante evento com militância jovem. 

Ele se referiu aos eleitores de Bolsonaro na internet com o uma turma que prega o fanatismo. "Às vezes a gente acha que o Bolsonaro é alcançável porque é misógino, machista, porque segrega gays e porque segrega negros. Ele está com essa força relativa porque ele é isto. Infelizmente é uma fração do povo brasileiro que é isso. Que se sente representado por isso", avaliou Ciro.

As informações são do jornal O Globo

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247