Colaborador da Funai é assassinado em área marcada por conflitos no AM

O colaborador da Funai Maxciel Pereira dos Santos foi assassinado a tiros em Tabatinga (AM), na fronteira com Peru e Colômbia. Ele trabalhava em uma base do órgão no Vale do Javari, atacada quatro vezes desde o ano passado

247 - O colaborador da Funai Maxciel Pereira dos Santos foi assassinado a tiros por volta das 18h50 desta sexta-feira (6), em Tabatinga (AM), na fronteira com Peru e Colômbia. Ele trabalhava em uma base do órgão no Vale do Javari, atacada quatro vezes desde o ano passado.

Santos pilotava sua moto quando foi alvejado com dois tiros na nuca. A mulher e a enteada presenciaram o assassinato.

Santos trabalhava há 12 anos na Frente de Proteção Etnoambiental Vale do Javari em ações de vigilância e fiscalização. 

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso, mas informou que ainda não há informações suficientes sobre a causa do homicídio. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247