Com entrada de Bolsonaro, grupo Livres deixa o PSL

Entrada do deputado federal Jair Bolsonaro no PSL e a confirmação de que ele será o candidato da legenda à Presidência provocou a primeira baixa de grande porte na legenda; grupo Livres, de tendência libertária, que controlava 12 diretórios estaduais do PSL, disse, em nota, que está se desligando do partido; "Chegada do deputado Jair Bolsonaro, negociada à revelia dos nossos acordos, é inteiramente incompatível com o projeto do Livres de construir no Brasil uma força partidária moderna, transparente e limpa", diz a nota

Entrada do deputado federal Jair Bolsonaro no PSL e a confirmação de que ele será o candidato da legenda à Presidência provocou a primeira baixa de grande porte na legenda; grupo Livres, de tendência libertária, que controlava 12 diretórios estaduais do PSL, disse, em nota, que está se desligando do partido; "Chegada do deputado Jair Bolsonaro, negociada à revelia dos nossos acordos, é inteiramente incompatível com o projeto do Livres de construir no Brasil uma força partidária moderna, transparente e limpa", diz a nota
Entrada do deputado federal Jair Bolsonaro no PSL e a confirmação de que ele será o candidato da legenda à Presidência provocou a primeira baixa de grande porte na legenda; grupo Livres, de tendência libertária, que controlava 12 diretórios estaduais do PSL, disse, em nota, que está se desligando do partido; "Chegada do deputado Jair Bolsonaro, negociada à revelia dos nossos acordos, é inteiramente incompatível com o projeto do Livres de construir no Brasil uma força partidária moderna, transparente e limpa", diz a nota (Foto: Paulo Emílio)

247 - A entrada do deputado federal Jair Bolsonaro no PSL e a confirmação feita pelo presidente nacional do partido, Luciano Bivar, de que ele será o candidato da legenda à Presidência da República provocou a primeira baixa de grande porte na legenda. O grupo Livres, de tendência libertária, que controlava 12 diretórios estaduais do PSL, disse, em nota, que está se desligando do partido.

"É com extremo pesar que comunicamos a saída do Livres do Partido Social Liberal", diz a nota do Conselho Nacional do grupo. "A chegada do deputado Jair Bolsonaro, negociada à revelia dos nossos acordos, é inteiramente incompatível com o projeto do Livres de construir no Brasil uma força partidária moderna, transparente e limpa", completa o texto.

Sergio Bivar, filho do presidente nacional da legenda e que faz o elo de ligação entre o Livres e o partido, também emitiu nota criticando a entrada de Bolsonaro no PSL e disse que está avaliando se irá se desfiliar da legenda.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247