Com o golpe rejeitado, FHC lança manifesto por ‘união do centro’

Depois de devastar a economia e desorganizar todo o cenário político do país com o apoio a um golpe, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, 87, vai assinar um documento pela “união do centro”; “tudo que o Brasil não precisa, para a construção de seu futuro, é de mais intolerância, radicalismo e instabilidade”, diz a carta, que será lançada em São Paulo

fhc
fernando henrique cardoso
fhc fernando henrique cardoso (Foto: Gustavo Conde)

247 – Depois de devastar a economia e desorganizar todo o cenário político do país com o apoio a um golpe, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, 87, vai assinar um documento pela “união do centro”. “Tudo que o Brasil não precisa, para a construção de seu futuro, é de mais intolerância, radicalismo e instabilidade”, diz a carta, que será lançada em São Paulo.

O manifesto de lideranças de centro que pede união em torno de um polo democrático e reformista na eleição será lançado nesta quinta-feira (28) em São Paulo. O mesmo texto foi apresentado em Brasília no início do mês. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB-SP), um dos signatários do documento, confirmou presença no evento, no Teatro Eva Herz, dentro do Conjunto Nacional.

O ministro Aloysio Ferreira (PSDB-SP) e os parlamentares Roberto Freire (PPS-SP), Cristovam Buarque (PPS-DF) e Jarbas Vasconcelos (MDB-PE) também estão entre os que apoiam a articulação. O deputado Marcus Pestana (PSDB-MG) é um dos idealizadores. O movimento tenta evitar a fragmentação das legendas de centro na eleição presidencial e critica sem citar nomes, posicionamentos extremistas.

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247