Com Temer em liberdade, Bretas fica enfraquecido na Lava Jato

Decisão do desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional da 2ª Região (TRF-2), que resultou na revogação da prisão preventiva do ex-presidente Michel Temer foi vista pelo meio jurídico como uma espécie de freio nas pretensões do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, de puxar para si o protagonismo da Lava Jato

Com Temer em liberdade, Bretas fica enfraquecido na Lava Jato
Com Temer em liberdade, Bretas fica enfraquecido na Lava Jato
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A decisão do desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional da 2ª Região (TRF-2), que resultou na revogação da prisão preventiva do ex-presidente Michel Temer foi vista pelo meio jurídico como uma espécie de freio nas pretensões do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, de puxar para si o protagonismo da Lava Jato. Segundo a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, Sérgio Moro jamais sofreu uma derrota do gênero enquanto esteve à frente dos processos, com todas as prisões determinadas por ele durando mais de quatro dias.

A coluna destaca que, embora Bretas tenha conseguido angariar o apoio da população, a decisão que levou Temer à prisão foi baseada em justificativas frágeis, o que abriu caminho para que Athié pudesse acatar o habeas corpus que colocou o emedebista em liberdade. Athié teria sido encorajado a tomar sua decisão após a juíza plantonista do TRF-2, Simone Schreiber, que acatou o habeas corpus do empresário rodrigo Neves apenas 48 horas após ele ter sido preso na mesma operação que Michel Temer.

Um outro interlocutor de Bretas, porém, considera que Athié não teria suportados as pressões da classe política e por parte do Supremo Tribunal Federal (STF) para que temer fosse posto em liberdade.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247