Comandante Moisés é eleito governador de Santa Catarina

O candidato Comandante Moisés (PSL) venceu a disputa para o governo de Santa Catarina, com 71,03% dos votos válidos; atual deputado Gelson Merísio (PSD) ficou com 28,97% dos votos; até agora foram apurados 74,44% das urnas. Os votos brancos somam 3,66% e os nulos, 8.23%; abstenção está em 16.94%

Comandante Moisés é eleito governador de Santa Catarina
Comandante Moisés é eleito governador de Santa Catarina
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - O candidato Comandante Moisés (PSL) venceu a disputa para o governo de Santa Catarina, com 71,03% dos votos válidos. O atual deputado Gelson Merísio (PSD) ficou com 28,97% dos votos.

Até agora foram apurados 74,44% das urnas. Os votos brancos somam 3,66% e os nulos, 8.23%. A abstenção está em 16.94%.

Perfil

O futuro governador catarinense obteve 29,72% dos votos no primeiro turno. Correligionário do candidato à Presidência Jair Bolsonaro, Comandante Moisés se filiou ao PSL no início do ano e disputa sua primeira eleição. Ele é coronel da reserva e tem mais de 30 anos de atuação no Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, em Florianópolis, Criciúma e Tubarão.

Foi comandante de organizações dos bombeiros e ouvidor-adjunto da corporação, além de coordenador da Defesa Civil no estado. Mestre em Direito pela Universidade do Sul, foi professor de direito administrativo e constitucional.

Candidato derrotado

Gelson Merísio conquistou 31,12% dos votos no primeiro turno. Ele está no terceiro mandato de deputado estadual, duas vezes com a maior votação do estado.

Foi duas vezes presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina e lançou o Portal da Transparência da instituição. Seu primeiro mandato foi de vereador em Xanxerê, no interior do estado, eleito em 1988. Nesse período, foi presidente da Câmara dos Vereadores. Foi apresentador do programa de rádio e televisão Controle Geral.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247