Comitês populares pró-Lula iniciam a batalha da comunicação

Movimentos sociais e comitês populares que apoiam Lula elaboram plano de comunicação para a campanha

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Ricardo Stuckert)


247 - Os movimentos sociais e comitês populares que vão fazer a campanha de Lula à Presidência da República decidiram fazer a batalha da comunicação. 

Em encontro na última semana, comunicadores ligados a movimentos populares que apoiarão Lula (PT) em 2022 debateram e elaboraram um plano de comunicação, com foco na eleição do ex-presidente, informa o Painel da Folha de S.Paulo.

Os comunicadores integram as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, que são compostas por mais de 100 organizações, como partidos (PT, PCdoB e PSOL), movimentos populares (MST e MTST), centrais sindicais (CUT, CTB e Intersindical), entidades estudantis (UNE), organizações de comunicação e cultura, etc..

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A campanha de comunicação será feita pela Central de Mídia das Frentes e vai constituir uma estratégia de comunicação complementar à da estrutura oficial da campanha de Lula. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O encontro produziu a "Carta de Guararema", pois a reunião foi realizada na escola do MST localizada na cidade do interior de São Paulo. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O documento destaca que é preciso produzir conteúdo baseado na "experiência viva de nosso povo", e construir "uma imensa rede de militantes e ativistas capazes de emocionar o povo com narrativas feitas daquela matéria-prima delicada que é a esperança em uma vida plena, digna, protegida por direitos."

No encontro, o deputado federal Rui Falcão (PT), que deverá ser um dos coordenadores da comunicação da campanha de Lula, disse que encher os eventos de Lula de apoiadores também é importante para a segurança do pré-candidato.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email