Contaminado pela Covid-19, ministro Marcos Pontes diz que será voluntário para testes com antiparasitário

Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, que revelou estar infectado com a Covid-19, disse que será voluntário dos testes brasileiros com o medicamento nitazoxanida, um antiparasitário que também possui ação antiviral

Marcos Pontes
Marcos Pontes (Foto: Alan Santos/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, que nesta semana revelou estar infectado com a Covid-19,  disse que será voluntário dos testes brasileiros com o medicamento nitazoxanida. 

A droga, normalmente utilizada no combate a infecções causadas por parasitas, é apontada como tendo uma suposta eficácia no tratamento da doença causada pelo novo coronavírus por também possuir ação antiviral. 

Além de Pontes, os ministros Onyx Lorenzoni, do Ministério da Cidadania, Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), e Bento Albuquerque, de Minas e Energia, também já foram diagnosticados com a doença.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247