Contra reforma da Previdência, PT vai pressionar aliados de Temer em redutos eleitorais

Para combater a reforma da Previdência, o PT pretende pôr em prática uma estratégia semelhante à que foi usada no impeachment pelos adversários de Dilma Rousseff; a sigla elencou as dez cidades nas quais cada deputado aliado de Michel Temer foi mais votado; plano é constranger a base do governo nesses locais, principalmente no Nordeste, por meio de vereadores e movimentos populares, intensificando assim a campanha contra a reforma

03/10/2015 - São Paulo - SP - Manifestantes da CUT realizaram um protesto “em defesa da Petrobras e da democracia” na manhã deste sábado (3) na Avenida Paulista. Foto: Paulo Pinto/ Agência PT
03/10/2015 - São Paulo - SP - Manifestantes da CUT realizaram um protesto “em defesa da Petrobras e da democracia” na manhã deste sábado (3) na Avenida Paulista. Foto: Paulo Pinto/ Agência PT (Foto: Giuliana Miranda)

247 - Para combater a reforma da Previdência, o PT pretende pôr em prática uma estratégia semelhante à que foi usada no impeachment pelos adversários de Dilma Rousseff. A sigla elencou as dez cidades nas quais cada deputado aliado de Michel Temer foi mais votado. O plano é constranger a base do governo nesses locais, principalmente no Nordeste, por meio de vereadores e movimentos populares, intensificando assim a campanha contra a reforma.

As informações são da coluna Painel da Folha de S.Paulo.

"A ideia, segundo um petista, não é expor nominalmente os deputados aliados ao peemedebista, como foi feito na queda de Dilma, mas estimular o eleitor desses locais a cobrar os parlamentares para ir contra a reforma de Temer."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247