Coordenador do Ministério da Saúde diz que STF é 'ditador'

Médico Allan Garcês, que coordena um setor no Ministério da Saúde, é um seguidor extremista de Jair Bolsonaro e já causou tumulto na abertura de congresso em 2019. Ele ataca as instituições e diz que o STF é "ditador"

Allan Garcês
Allan Garcês (Foto: Fatos Recentes)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Coordenador-geral de Gestão de Projetos de Saúde Digital do Ministério da Saúde desde março, o médico e militar da reserva Allan Quadros Garcês tem atacado agressivamente o STF nas redes sociais e em manifestações pró-Jair Bolsonaro.
No Twitter, Garcês chama o STF de ditador, ideológico e pelego, informa o Painel da Folha de S.Paulo.

Garcês, um extremista do bolsonarismo, escreveu em 21 de junho que havia chegado “a vez do povo resgatar a Constituição e reconquistar a sua democracia e liberdade, que foram roubadas”. No Twitter, convocou de maneira entusiasmada seus seguidores a aderirem aos atos contra um "judiciário pelego, autoritário, ideológico e ditador".

Garcês foi nomeado para um cargo de diretor no Ministério da Saúde em janeiro de 2019. 

Em 2019, na abertura da Conferência Nacional de Saúde, lançou provocações a um grupo na plateia que gritava “Lula Livre”. A atitude gerou desconforto nos debatedores e quase acabou em violência quando parte do grupo ofendido avançou em direção ao palco. 

Em nota, o Ministério da Saúde confirma que Garcês é coordenador de projetos de informação digital. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247