Corregedor engaveta representação contra Deltan no caso Vaza Jato

Foi arquivada pelo corregedor do Ministério Pùblico, Rinaldo Reis Lima, outra representação contra Deltan Dallagnol pelas ilegalidades cometidas durante a Lava Jato

(Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  O corregedor do Conselho Nacional do Ministério Público, Rinaldo Reis Lima, determinou o arquivamento de uma representação contra Deltan Dallagnol por uma de suas conversas com o então juiz Sergio Moro ocorrida em 2016, informa a jornalista Mariana Carneiro no Painel da Folha de S.Paulo.

No diálogo revelado pelo The Intercept na Vaza Jato, o coordenador da Lava Jato discutiu com Moro sobre o uso da verba da 13a Vara para custear propaganda pelas “10 medidas contra a corrupção”. O corregedor considerou as mensagens vazadas como provas ilícitas, por terem sido supostamente obtidas de modo ilegal.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247