Corte de verbas no MEC afeta reconstrução do Museu Nacional

"Sem o MEC, não teremos um novo museu. O ministério tem que assumir sua responsabilidade. Já fizemos algumas tentativas de conversa, mas ainda não conseguimos", afirmou o diretor do Museu Nacional, Alexander Kellner

Corte de verbas no MEC afeta reconstrução do Museu Nacional
Corte de verbas no MEC afeta reconstrução do Museu Nacional
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em entrevista ao Jornal O Globo, o diretor do Museu Nacional, Alexander Kellner, disse que o Ministério da Educação (MEC), sob a gestão de Jair Bolsonaro, ainda não se dispôs a discutir sobre o museu, que é ligado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Os cortes do governo Jair Bolsonaro no Ministério da Educação também atingiram o Museu Nacional, segundo dados do Painel dos Cortes, plataforma criada pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). De acordo com a entidade, o museu sofreu um corte de 22,34%, que representa cerca de R$ 12,3 milhões.

A administração do museu busca captar verbas para a reconstrução da instituição, destruída por um incêndio em setembro, em países europeus, que parecem mais dispostos a ajudar do que o governo brasileiro.

"Enquanto o governo brasileiro tem contingenciado recursos para área, a Alemanha doou cerca de R$ 4,5 milhões para o museu", disse o direitos. Segundo ele, é preciso que o Brasil entenda a responsabilidade de sediar uma instituição científica e cultural desse porte, e recupere sua credibilidade frente à comunidade internacional.

"Sem o MEC, não teremos um novo museu. O ministério tem que assumir sua responsabilidade. Já fizemos algumas tentativas de conversa, mas ainda não conseguimos. Temos esperança em conseguir uma audiência em breve. As pessoas têm que se dar conta de que estamos muito mal e, se não tivermos uma ajuda firme, vamos ter que parar", afirmou.

"Temos esperança de que esse governo entenda o que é o Museu Nacional, porque ainda não entendeu. O Museu Nacional não é de um partido, é um patrimônio da sociedade. É fundamental que todos nós nos entendamos para reconstruir o museu", completou.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247