Conselho de Biblioteconomia aciona CGU para impedir Michelle Bolsonaro de ocupar Biblioteca da Presidência

Conselho Federal de Biblioteconomia acionou a CGU sobre a responsabilidade resultante do risco da perda ou danos causados ao acervo da Biblioteca da Presidência da República, que está tendo seu espaço reduzido para abrigar uma sala, destinada a receber a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e a equipe do programa Pátria Voluntária

www.brasil247.com - Bolsonaro desmonta biblioteca do Planalto.
Bolsonaro desmonta biblioteca do Planalto. (Foto: Divulgação)


247 - O Conselho Federal de Biblioteconomia irá questionar junto à Controladoria-Geral da União (CGU) sobre a responsabilidade resultante do risco da perda ou danos ao acervo da Biblioteca da Presidência da República, que contabiliza mais de 42 mil itens e 3 mil discursos de presidentes que datam desde o início da República. O local está tendo seu espaço reduzido para abrigar uma sala, que terá até banheiro privativo, destinadaa   receber a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, ea equipe do programa Pátria Voluntária. 

Segundo a coluna da jornalista Samanta Sallum, a primeira reação veio do Conselho Regional da 1ª Região que ressaltou os riscos aos documentos e registros históricos da Biblioteca da Presidência da República empilhados indevidamente nos corredores do Palácio do Planalto. Logo em seguida, o Conselho Federal também questionou o fato por meio de um ofício à CGU. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Sem se preocuparem com essa instituição centenária, responsável pela memória de todos os Presidentes do nosso país, com um acervo atualizadíssimo de mais de 33 mil volumes, decidiram reduzir o espaço pela metade, deixando o acervo fechado e eliminando todos os espaços de convivência, estudo e leitura que estavam acessíveis para a população”, destaca o texto. Para o biblioteconomista e presidente do Conselho, Fábio Lima Cordeiro, “o prejuízo para a memória do país já se sabe, será alto. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email