Criticar vaso sanitário em cela é perversão

O ministro do STF, Gilmar Mendes, criticou com veemência aqueles que nutrem irritação diante do fato de que uma cela tenha vaso sanitário; “Onde estamos com a cabeça? Aonde foi a nossa sensibilidade? É um tipo de perversão que pessoas que foram alfabetizadas, tiveram três ou quatro alimentações durante toda a vida, se comportem dessa maneira, animalesca”, disse o ministro em tom de indignação

Brasília - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, abre o 7º Encontro Nacional das Escolas Judiciárias Eleitorais.(Antonio Cruz/Agência Brasil)
Brasília - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, abre o 7º Encontro Nacional das Escolas Judiciárias Eleitorais.(Antonio Cruz/Agência Brasil) (Foto: Gustavo Conde)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "Pessoas que ficam indignadas com o fato de a cela do ex-presidente Lula ter um vaso sanitário, por considerarem isso um privilégio, sofrem de algum tipo de perversão". A crítica foi feita pelo ministro Gilmar Mendes, do STF, nesta terça-feira.

“Onde estamos com a cabeça? Aonde foi a nossa sensibilidade? É um tipo de perversão que pessoas que foram alfabetizadas, tiveram três ou quatro alimentações durante toda a vida, se comportem dessa maneira, animalesca”, afirmou.

Leia mais aqui.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247