Cunha não se entregou porque não há mandado, diz advogado

Alberto Zacharias Toron, advogado do deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP), afirmou que seu cliente ainda não se apresentou à Polícia Federal porque não foi expedido o mandado de prisão pelo STF; "Não há mandado de prisão, não há ordem de prisão expedida", explicou

Alberto Zacharias Toron, advogado do deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP), afirmou que seu cliente ainda não se apresentou à Polícia Federal porque não foi expedido o mandado de prisão pelo STF; "Não há mandado de prisão, não há ordem de prisão expedida", explicou
Alberto Zacharias Toron, advogado do deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP), afirmou que seu cliente ainda não se apresentou à Polícia Federal porque não foi expedido o mandado de prisão pelo STF; "Não há mandado de prisão, não há ordem de prisão expedida", explicou (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O advogado do deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP), Alberto Zacharias Toron, afirmou nesta terça-feira que o petista, condenado na Ação Penal 470, ainda não se apresentou à Polícia Federal porque não foi expedida ordem de prisão por parte do Supremo Tribunal Federal (STF).

"Não há mandado de prisão, não há ordem de prisão expedida, por isso ele ainda não se apresentou à PF", disse Toron ao jornal Folha de S.Paulo. Nesta segunda-feira, o presidente do STF, Joaquim Barbosa, determinou o fim do julgamento para Cunha e a prisão imediata pelos crimes de corrupção e peculato. O deputado ainda tem direito a recurso por formação de quadrilha.

O advogado de João Paulo Cunha havia informado antes que seu cliente se entregaria espontaneamente à PF em Brasília, assim que fosse expedido o mandado de prisão. Segundo Toron, o parlamentar está em sua casa e só não se entregou ainda porque "não tem nenhum sentido fazê-lo sem o mandado".

Barbosa antecipou hoje suas férias, que começariam na próxima sexta-feira 10 (leia mais aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247