Cúpula do grande capital monopolista e financeiro, ativa no golpe contra Dilma, volta às ruas em ato do MBL

Representantes da alta burguesia industrial e financeira, que financiaram e participaram dos atos pela derrubada da presidente Dilma, voltam às ruas sob convocação do MBL

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - Empresários e investidores como Horácio Lafer Piva (acionista da Klabin e ex-presidente da Fiesp), José Olympio Pereira (presidente do banco Credit Suisse), Fábio Barbosa (da Gávea Investimento e ex-presidente do banco Santander), Antonio Moreira Salles (filho do presidente do conselho de administração do banco Itaú Unibanco, Pedro Moreira Salles), Eduardo Wurzmann e Lucia Hauptman estiveram na avenida Paulista neste domingo (12) no ato convocado pelo MBL. 

É a primeira vez que voltam às ruas, desde as manifestações que financiaram e das quais participaram pela derrubada da presidente Dilma Rousseff. Muitos desses empresários afirmam que Bolsonaro, além de representar uma ameaça à democracia, é ruim para os negócios, informa a Folha de S.Paulo. Mas também não querem a vitória de Lula nas eleições presidenciais de 2022.

Esses empresários foram às ruas neste domingo apostando na chamada terceira via para a eleição de 2022. Eles buscam um candidato alternativo na expectativa de que possa derrotar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, líder mais popular do Brasil e que está à frente da corrida presidencial segundo todas as pesquisas eleitorais. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Muitos deles ficaram decepcionados com a baixa adesão popular às manifestações deste domingo. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email