Dallagnol mobiliza seguidores contra Gilmar

O procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Lava Jato, passou a mobilizar seus seguidores no Twitter contra Gilmar Mendes depois de saber que o ministro do STF foi padrinho de casamento da filha de Jacob Barata Fillho, empresário que ele mandou soltar duas vezes; "Gilmar Mendes foi padrinho de casamento da filha de Jacob Barata e determinou a soltura dele??? É isso mesmo???", postou, indignado

O procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Lava Jato, passou a mobilizar seus seguidores no Twitter contra Gilmar Mendes depois de saber que o ministro do STF foi padrinho de casamento da filha de Jacob Barata Fillho, empresário que ele mandou soltar duas vezes; "Gilmar Mendes foi padrinho de casamento da filha de Jacob Barata e determinou a soltura dele??? É isso mesmo???", postou, indignado
O procurador Deltan Dallagnol, da força-tarefa da Lava Jato, passou a mobilizar seus seguidores no Twitter contra Gilmar Mendes depois de saber que o ministro do STF foi padrinho de casamento da filha de Jacob Barata Fillho, empresário que ele mandou soltar duas vezes; "Gilmar Mendes foi padrinho de casamento da filha de Jacob Barata e determinou a soltura dele??? É isso mesmo???", postou, indignado (Foto: Charles Nisz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O procurador Deltan Dallagnol, um dos principais nomes da força-tarefa da Operação Lava Jato, resolveu mobilizar seus seguidores no Twitter contra o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes.

O procurador se mostrou indignado com o fato de Gilmar ser padrinho de casamento da filha de Jacob Barata Filho, dono de empresas de transporte no Rio de Janeiro e envolvido em esquema de propinas para políticos cariocas e de ter autorizado habeas-corpus para o empresário.

"Gilmar Mendes foi padrinho de casamento da filha de Jacob Barata e determinou a soltura dele??? É isso mesmo???", escreveu o procurador em seu perfil no Twitter na noite desta quinta-feira (17). Já na noite desta sexta-feira (18), Dallagnol expressou preocupação com o fato da força-tarefa da Operação Lava Jato ter encontrado o número de telefone de Guiomar Mendes, mulher de ministro Gilmar Mendes, na agenda do celular do empresário Jacob Barata Filho, o ‘Rei do Ônibus’.

Na noite de quinta-feira, 17, Gilmar Mendes mandou soltar Jacob Barata Filho, preso pela Operação Ponto Final – que capturou a cúpula dos Transportes do Rio em julho. A liminar determinando a soltura de Barata foi expedida em menos de 24 horas, um recorde de celeridade na Justiça brasileira. Dallagnol voltou a criticar Gilmar e postou uma matéria da Agência Spotlight, do jornalista Lúcio de Castro, sobre o assunto.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email