Dani Schwery ao 247: “Temer foi colocado lá para ser derrubado”

Ex-simpatizante dos movimentos que convocaram e comandaram a campanha do impeachment de Dilma, tais como MBL, VempraRua, Revoltados OnLine e NasRuas, Dani Schwery, 35, foi várias vezes à avenida Paulista de verde e amarelo e bateu muita panela para ajudar a derrubar a presidente, no quintal de casa e na internet, onde tem uma legião de seguidores. Nessa entrevista exclusiva ao 247, ela se diz decepcionada tanto com o governo Temer quanto com os movimentos de direita. "Temer é ridículo", diz. Ela acusa todos os supostos líderes pró-impeachment de traição, por terem aderido a "um governo de ladrões" e de terem "se vendido ao PMDB"

Ex-simpatizante dos movimentos que convocaram e comandaram a campanha do impeachment de Dilma, tais como MBL, VempraRua, Revoltados OnLine e NasRuas, Dani Schwery, 35, foi várias vezes à avenida Paulista de verde e amarelo e bateu muita panela para ajudar a derrubar a presidente, no quintal de casa e na internet, onde tem uma legião de seguidores. Nessa entrevista exclusiva ao 247, ela se diz decepcionada tanto com o governo Temer quanto com os movimentos de direita. "Temer é ridículo", diz. Ela acusa todos os supostos líderes pró-impeachment de traição, por terem aderido a "um governo de ladrões" e de terem "se vendido ao PMDB"
Ex-simpatizante dos movimentos que convocaram e comandaram a campanha do impeachment de Dilma, tais como MBL, VempraRua, Revoltados OnLine e NasRuas, Dani Schwery, 35, foi várias vezes à avenida Paulista de verde e amarelo e bateu muita panela para ajudar a derrubar a presidente, no quintal de casa e na internet, onde tem uma legião de seguidores. Nessa entrevista exclusiva ao 247, ela se diz decepcionada tanto com o governo Temer quanto com os movimentos de direita. "Temer é ridículo", diz. Ela acusa todos os supostos líderes pró-impeachment de traição, por terem aderido a "um governo de ladrões" e de terem "se vendido ao PMDB" (Foto: Gisele Federicce)

Por Alex Solnik, do 247 - Ex-simpatizante dos movimentos que convocaram e comandaram a campanha do impeachment de Dilma, tais como MBL, VempraRua, Revoltados OnLine e NasRuas, Dani Schwery, 35, foi várias vezes à avenida Paulista de verde e amarelo e bateu muita panela para ajudar a derrubar a presidente, no quintal de casa e na internet, onde tem uma legião de seguidores.

Nessa entrevista exclusiva ao 247, ela se diz decepcionada tanto com o governo Temer quanto com os movimentos de direita. "Temer é ridículo", afirma ela, que mora a três quarteirões da casa dele, no Alto de Pinheiros. Ataca todos os supostos líderes pró-impeachment, que tentaram cooptá-la, devido ao barulho que fazia na internet, acusando-os de traição, por terem aderido a "um governo de ladrões" e de terem "se vendido ao PMDB".

"São psicopatas", define. "Esse Kim [Kataguiri, do MBL] é a coisa mais forjada, de onde esse moleque é líder de alguém? De repente um mirradinho, bostinha é tido como o mais influente... ah, vá pro inferno"! "Já o Marco Feliciano eu acho um imbecil".

Dani pede uma CPI para apurar se partidos políticos injetaram dinheiro nos movimentos pró-impeachment, o que pode ter acontecido. Segundo ela, se a CPI vingar, ela conhece gente disposta a depor nesse sentido. Certa de que "a maioria quer que o Temer se ferre", ela está em dúvida se irá às ruas pedir seu impeachment por causa do escândalo Geddel.

"Ir pra rua agora faz parte da estratégia psicopata da MovimentoMania", afirma. Seu candidato a presidente em 2018 "por enquanto" é Bolsonaro, cujas declarações, até mesmo a célebre "não te estupro porque você não merece" dirigida à deputada Maria do Rosário, ela defende. Admite simpatizar com "os intervencionistas" que ocuparam o plenário da Câmara para pedir intervenção militar no país. "Amei" – foi o que achou do episódio.

Já tem gente pedindo impeachment do Temer por causa do episódio Geddel. Você sairia na rua para pedir o impeachment do Temer?

O Temer foi colocado lá para ser derrubado, faz parte da farsa. A Lava Jato já havia chegado no PMDB faz tempo, em PSDB, PP e em tudo que é partido; reviveram até o mensalão, mensalinho, chegou em Rouanet, e, mesmo blindando pra não pegarem a palhaçada da PROAC e ferrar com meio PSDB que fez com a cultura igual o PT, a coisa toda está caminhando. PSDB deita e rola aqui em São Paulo com palhaçada do aparelhamento deles, mesma coisa do que criticavam na maior cara de pau no PT. Mas, apesar dessa blindagem que é o que se chama de aparelhamento, a Lava Jato está fluindo pra pegar um a um desse oligopólio que o CADE fez vista grossa esse tempo todo, assim como o "judasciário". Ir pra rua agora faz parte da estratégia psicopata da MovimentoMania que conseguiu capitalizar com muita farsa os ensejos do povo para sangrarmos e fazer muito marketing político. Mas e agora? Já nem sei mais - como todo brasileiro, aliás. Agir ou se omitir? Esses psicopatas ainda criam esse sentimento nas pessoas de forma premeditada. Estou perdida, como todos. Óbvio que quero que essa gentalha toda aí se ferre. Olha a palhaçada circense que se tornou batalhar pelas 10 medidas pra não favorecer a eles lá, o que a MovimentoMania quis evitar a polêmica com grande ardilosidade, entrou no cenário depois porque foram desmascarados pelos intervencionistas e então já não tinham mais como deixar de eles participarem pra disfarçar, como de costume do modus operandi deles. Eu de forma pessoal prefiro bater no fim do foro privilegiado e torcer para que "sem foro, é Moro".

O que diz da queda do Geddel?

Geddel é mais do mesmo. Agora põe, agora afasta, agora põe, agora afasta, mas não cassa. Político aqui no Brasil é que nem extintor, põe, tira, põe, tira, e só servem para apagar incêndio causados por eles mesmos. Particularmente, eu não teria dado aumento ao "judasciário" porque aumenta salário de quem não trabalha direito em plena crise e estou vendo as maiores aberrações sendo cometidas por juízes. Arquiva-se tudo que não há interesse de certos empresários e políticos aqui nessa terra de alguéns. Por isso respeito os intervencionistas. Não me considero intervencionista, mas flerto e respeito. É um desespero mesmo. 

Você apoiou a invasão dos intervencionistas da Câmara dos Deputados?

Amei o fato deles interromperem uma manobra que os políticos iam fazer pra salvar as próprias peles, pra variar. Não foi invasão, invasão foi o que o Holiday fez, bem quem se diz contra o marxismo cultural mas apelou para o "sou pobre, sou negro", blá blá blá, invadiu o evento dos outros para arrancar bandeiras, uai, já os intervencionistas foram ao Congresso se manifestarem, não estavam armados e não depredaram nada, a porta quebrou nem foi por causa deles, basta ver as imagens. O Azedinho que sofre de indignação seletiva, prefere agora tratar o assunto por invasão quando foi, nada mais e nada menos, que outra manifestação qualquer de cujo mote ele discorda porque pode atingir os “miguxos” dele do PSDB. É que para o “Azedo” é interessante criticar a bunda das pessoas nas manifestações do LGBTS, mas não a bunda do Kim, que devia ser preso por atentado ao pudor. E que bunda feia. Neste momento estou percebendo as Forças Armadas relutarem contra a intervenção, mas não vejo o Renan hesitando em fazer lei em benefício próprio no que ele entende como abuso de poder. Vejo o PMDB (com o PSDB pra variar nunca oposição, sempre na situação) usando o mecanismo da democracia pra eles lá, não para o povo.

Quando é que você entrou no movimento de direita?

Nesses de direita?

Você entrou num movimento de direita, não foi? Em qual deles?

Não, não, eu nunca fui de movimento.

Mas você conhece bem os líderes, não é?

Eu acabei conhecendo essas pessoas porque quando a gente vai participando e tudo, vai conhecendo, não tem como... Como eu fazia barulho quem veio atrás de mim foram essas pessoas. Como tantos outros que fizeram barulho na internet. Eu nunca quis protagonismo. Sempre tiveram várias pessoas barulhentas e esse pessoal ia atrás pra cooptar.

Mas você se identifica com esses movimentos de direita?

Você não vai gostar do que eu vou falar. Mas eu não vejo esse pessoal como direita.

O MBL, por exemplo, não é de direita pra você?

Pra mim e pra muita gente que está alinhada à minha forma de pensar não é. Porque eles vieram, criticaram um monte de coisa, que era a crítica de todo mundo, inclusive no que se refere a oligopólio da Fiesp, esse pessoal todo, criticavam também. Inclusive, quando eu era do PSDB jogavam na minha cara: ah, mas isso aí foi o Fernando Henrique que aumentou o estado, com as agências reguladoras e blá blá blá, jogavam na minha cara e eu também já criticava isso, mesmo no PSDB. Só que a diferença, além de eu sair do PSDB eu continuo criticando e eles pararam. Eles se venderam pro PMDB. E estão lá, ao lado do PSDB. As coisas que eu criticava antes eu continuo criticando.

Quem são “eles”?

É essa turma aí de lambe-bunda da Fiesp.

Mas quem são?

Ah... é o Kim...a Carla Zambelli... esse pessoal aí... o Mises, que é do Helio Beltrão... essa turminha que pra mim não vale nada.

Nem o Instituto Mises você considera de direita?

Pra mim é uma turma de liberal idiota. Eu considero eles hipócritas. O discurso deles pode até ter mais o viés da direita, mas eles são hipócritas, porque como é que eles falam em liberdade de mercado se a gente sabe que eles, na prática fazem o oposto do que querem pregar? Com oligopólio é que não vai ter liberdade de mercado. Eles querem conduzir a opinião pública, mas para mim eles não são nada além de bostinhas. Só na cabeça deles eles acham que estão com essa bola toda. Eles não refletem o que pensa a maioria, a maioria quer que o Temer se ferre.

O Mises apoia o governo Temer?

Eles... o Itaú... todos esses que estão com o rabo preso...

O que foi o racha da direita?

Foi o rangout que teve... a Esté, que é uma pessoa popular na internet, querida, o Ricardo 10 também e com outras pessoas que são populares na rodinha... racharam com essas pessoas desses movimentos...

Com o Kim, por exemplo?

Esse Kim é a coisa mais forjada, de onde esse moleque é líder de alguém? De repente um mirradinho, bostinha é tido como o mais influente... ah, vá pro inferno! Eles criaram essa baboseira de movimento, então tinha que ter os líderes... Eles é que acirraram esse negócio de direita versus esquerda...esse pessoal entrou pra fazer merda...do começo ao fim. É um pessoal bem sacaninha.

Qual foi a atuação do Mises no impeachment?

Bom, até onde eu sei – é porque como eu te disse eu não sou fã dessa galera – mas eles estão por detrás desses “liberóides” que a gente apelida de “liberotários”. Teve até um evento na Fiesp que o Bolsonaro foi. Então, eles estão por detrás, ciscando essa galera e atraindo jovens para o lado deles com esse discurso liberóide deles.

Mas o Bolsonaro é de direita, não é?

Eu tô de olho. Até o momento ele vai ter o meu voto pra 2018. Até o momento. Mas, assim, eu tô de olho. Vamos ver. Até então...

Por que ele é a tua escolha?

As pessoas não se sentem representadas. Então é natural as pessoas irem migrando para quem de repente chupar esses votos, assim. Até o momento, parece que é a pessoa que faz frente a essas atitudes que eu não gosto: oligopólio... verter grana para ONGs, institutos... essas coisas todas que não resolvem nada e só faz de todos os problemas do país um marketing político. Por enquanto me dá a entender que ele pode ser essa pessoa. Mas, tenho reservas... eu já não defendo mais ninguém. Só que pode haver surpresas. Por exemplo, o Major Olímpio, que no princípio estava me criticando e tal, mas olha, ele bateu na PEC...então a gente está junto nessa PEC... que eu acho a PEC mais imbecil que já houve.

Você concordou com ele quando ele fez o elogio do torturador no dia do impeachment?

Olha, é que esse assunto é abordado de uma forma meio equivocada. É que na verdade, ali, tem muita gente que tem afinidade com ele não é porque é favorável à tortura, não é nada disso, isso aí é uma coisa que eu acho que é mal interpretado. Tem gente que questiona se havia mesmo tortura ou não. Então, não é que está apoiando ele, mas porque acredita que não houve tortura.

Você acredita que houve tortura ou não?

Eu acredito que houve excessos dos dois lados. Mas a minha crítica aí no caso é o seguinte: por que é que o pessoal também aprontou, que nem o Aloysio Nunes? Aloysio Nunes é uma pessoa que vocês também não devem gostar. Por que ele também não é punido quando fez o que fez, que era motorista?... essas coisas, assim, que eu tô mais alinhada a essa forma de pensar. Acho que tinha que ser punido também porque aprontou dos dois lados. Eu acho, sim, um pouco exagerado e maldoso botar todos os erros na conta dos militares.

Mas ali era o estado torturando, o estado tem que proteger os cidadãos e não torturar. E você está comparando isso com o grupo do Aloysio que, aliás, não torturou ninguém.

Eu não concordo muito, porque se partir da premissa que o estado tá fazendo esse papel que você falou, ele também está deixando de defender alguém que foi vítima do Aloysio, da Dilma. Então, aí, o estado falhou dos dois lados. E falhou de novo quando não puniu os dois lados.

Você acha que o estado tem o direito de torturar presos?

Não, eu acho que não. Mas eu acho errado achar que eles têm mais direitos que as vítimas, entendeu? Mas não acho que tem que torturar ninguém.

E aquilo que o Bolsonaro disse para a deputada – “não te estupro porque você não merece” – você concorda com essa declaração?

Eu acho que ele fez ela provar do próprio veneno dela. Porque ela levantava a placa “não mereço ser estuprada” no plenário, então ele parodiou uma frase dela e aí todas as críticas recaíram sobre ele, mas quando ele criticava ela era justamente que ao exibir aquela placa ela endossava a prática, quando ele usou a frase dela contra ela mesma caíram matando nele.

E a posição dele contra os homossexuais, você apoia?

Eu não vejo ele contra os homossexuais. Eu vejo que tem muito auê em cima dele para tentar desconstruir a imagem dele. E, assim... eu também tenho críticas contra ele, mas essas aí não são as minhas críticas. Já o Marco Feliciano eu acho um imbecil.

Teve aquele episódio do Bolsonaro com a Preta Gil...

Aquilo foi uma edição...pegaram a frase de um e picotaram com outra, depois... ele foi alvo de muita coisa também pra desconstruir ele. Eu não sou injusta nas minhas críticas. Por exemplo, quando vocês falam do Feliciano, do Feliciano eu acho isso tudo mesmo. Pra mim é um veado enrustido que não quer assumir e depois fica dando de bom moço. Muita gente critica o fato de terem colocado ele como porta-voz da direita. Não é. Só porque ele se diz cristão...ele é um idiota...

Quem é o porta-voz da direita? É o Bolsonaro?

Ele é um ponto de convergência. Mas o pessoal acha que não existe direita no Brasil.

Você concorda com isso?

Concordo. A gente não tem uma direita bem constituída. Direita para vocês é ligada ao capital...

Não, não é isso, direita significa restrição de liberdade...

Não, é justamente o contrário. A direita não quer se meter na vida individual da pessoa, se a pessoa quer fazer as opções dela, que faça. Tanto é que união estável, se a pessoa quiser reconhecer por contrato, reconhece.

Você acha que o Bolsonaro é a favor da união de homossexuais?

Eu nunca vi ele falar nada ao contrário...sinceramente, eu também não estou querendo, assim, militar por ele, ele vai ser provavelmente o voto que eu vou dar em 2018.

O teu voto já foi no Aécio?

Foi, o pior é que foi. Pedi voto pra ele.

O que ele fez para te decepcionar?

Olha, a Lava Jato taí cada vez mais andando para todos os partidos, tá na cara que todos eles fizeram parte de um grande projetão de corrupção e tá todo mundo junto! O Lula não é chefe da quadrilha, ele está lá junto, igual ao Aécio, igual ao Fernando Henrique, igual ao Temer. Por mim o Aécio pode ir pra prisão também. Tem que ir toda essa cambada.

O que você acha do governo Temer?

Um ridículo! Eu acho que ele não deveria ter sido empossado, deveria ter caído junto com a Dilma.

Ele é o mordomo de filme de terror?

Eu acho o Temer tão ridículo! Em todos os detalhes. Eu acho que ele fala mal, aquela voz dele é voz de gente psicopata...

E aqueles dedinhos?

É uma gesticulação de quem parece que teve um orgasmo de subir ali de uma forma que ele não ia conseguir nem a pau. Eu não gosto desse cara, mas de jeito nenhum!

Ele é muito superficial.

Eu acho...nossa!

Tem a profundidade de uma folha de papel sulfite...

E as mesóclises dele! Ah, que cara ridículo! Tentou se esconder atrás da mulher, que papelão!

O Temer aguenta ficar dois anos?

Ele tá preparando o terreno para esse pessoal roubar bastante. Mas tudo o que ele se propõe a fazer, além de ser cagado, porcaria...que cara mais embusteiro! Mas como eu detesto o PMDB! O PMDB é muito pior que o PT! O PMDB sempre está do lado daquilo que não presta. Agora estão dizendo que o PMDB é de direita. Direita aonde??? Querem configurar o PMDB como de direita porque aí cai no agrado das pessoas para pararem de falar mal do PMDB. Não cola!

Mas esse governo é de direita, não é?

Olha, eu acho que os métodos que eles usam são de esquerda... tomando as bases, movimentos, são métodos da esquerda, mas o que eles são mesmo para mim é um nada com nada, um bando de ladrões que se une para roubar. Agora ficou uma sinuca de bico. A gente não sabe o que é pior... se o Temer não cair tem que aguentar ele direto... não sei o que é pior, deixar esse homem lá ou não deixar.  Eu tenho mais respeito pelos extremos, de certa maneira. Que nem a Luciana Genro. Eu não gosto dela, critico tudo, não gosto mesmo, mas eu não acho ela desonesta intelectual. É o que eu vejo no Bolsonaro também, eu não vejo ele desonesto intelectual.

Mas ele é extrema-direita!

Talvez sim, mas os extremos, ou o que é tido como extremos, o que se entende por extremos eu acho que não dá para acusar de desonestos intelectuais. Mas esse centrão aí é um horror! O PT e o PSDB são iguais, é assim que eu vejo. Essa maçaroca toda... Fernando Henrique, Aécio, Dória...

Você votou no Dória?

Não, votei no Major Olímpio.

Você é de extrema-direita então? Porque o Major Olímpio é de extrema-direita.

O que que é extrema, entendeu? É mais coerente me colocar na extrema-direita, mas eu não acho que... o que é que é extrema-direita? O Major Olímpio foi contra a PEC.

Só que a extrema-direita acaba em nazismo. Você é a favor do nazismo?

Não vejo a extrema-direita como a favor do nazismo. Nem o fascismo. Pra mim, são coisas de esquerda. Porque incham o estado. Então, para mim nazismo não é coisa da direita.

Você está contrariando, ao dizer isso, todos os historiadores e sociólogos de todos os países...

Eu tô indo, então, contra todos, mas eu não acho que é coisa da direita. Aliás, nazismo é uma coisa que nenhum dos lados quer.   

Você então faz parte de uma nova direita?

Pode ser que sim. Mas uma nova direita crítica porque, por exemplo, vieram colocar o Feliciano como porta-voz da nova direita e esse cara não me representa.

O país aguenta Temer até 2018?

Eu falava pro pessoal que a gente fica pê da vida que é assim por tudo estar tão quebrado do jeito que tá que não tinha porque negar fogo. Já tá quebrado! 66 milhões de desempregados! Aí o pessoal fala “ai que mentira, são 12”. Se fosse só 12 a gente não ia estar na crise que está. Estão forjando informação... o IBGE falou 66 milhões...eu não vejo porque não continuar na batida contra esse homem, por mais que aguenta ou não, está tudo em frangalhos, que caia matando, por que negar fogo? Quem nega fogo é vendido!

O TSE derruba o Temer?

Já está na cara que vão aliviar pra todo mundo!

Então você acha que ele aguenta até 2018?

Eu acho que já está tudo quebrado! Não vai melhorar porcaria nenhuma até 2018 e nem depois de 2018. Não vejo porque não continuar metendo a boca no que está errado. É errado ter que aguentar esse cara! Inclusive, o G1 publicou uma pesquisa da Época, eles entrevistaram, sei lá eu quantas pessoas, só dos pró-impeachment e perguntaram quantas pessoas eram a favor de que Temer também caísse. Mais da metade, mas bem mais da metade das pessoas que estavam na manifestação pró-impeachment queriam que o Temer também caísse junto.  Então, só por aí já mostra como o pessoal dos movimentos tem má fé porque o que fizeram não reflete a vontade da gente. Está aí uma pesquisa, que não podem falar que é da “DataFalha”. Porque se for DataFolha vão cair matando.

Mas quando você saiu na rua pra pedir a queda da Dilma não sabia que Temer assumiria em seu lugar?

Na verdade, lá atrás a gente pediu o impeachment com ele também. Tem fotos de placas... era “Fora Dilma e Temer”...nosso sonho e o sonho de boa parte dos brasileiros... os números estão aí pra falar isso até...era que passasse a limpo no sentido de que   de repente cai tudo quanto é chapa... sem foro, é Moro...e aí deveria ter uma eleição e as pessoas que não fossem ficha-suja pudessem concorrer. E os números estão aí, que essa turma da movimentomania, que eu critico forjou tudo isso. São esses movimentos que estão achando que são porta-vozes da gente, mas não são porta-vozes de porcaria nenhuma!

Para que servem esses movimentos afinal, você tem ideia?

Pra encher o saco! Pra se vender! Pra ser perna de comunicação do PMDB e do PSDB. Então, tudo o que a gente criticava em vocês aí, que a gente falava “ah, esses blogs petistas”... eles fazem a mesma coisa. Eles estão aí operando, forjando as coisas, camuflando a crise, que nem tudo que a gente criticava antes. Estão dando continuidade à mesma porcaria e pior: querendo repetir os mesmos erros que a gente criticava... quando Fernando Henrique entregou a Vale...sabe, mesmo eu sendo do PSDB eu criticava... mas esse pessoal dos movimentos está fazendo a mesma coisa...

Por que eles fazem isso? É por dinheiro?

As motivações são diversas: ganhar dinheiro, ganhar... às vezes tem gente que é só por ego mesmo... ganhar holofote... ganhar cargo... um monte de gente aí andou ganhando cargo...

No governo Temer?

Teve gente que ganhou cargo, sim.

E o Rogério Chequer, você conhece?

O Rogério Chequer é do Vem pra Rua.

É equivalente aos outros?

Pra mim é tudo a mesma bosta. É equivalente, até porque não há rixa real entre eles. Eles podem brigar entre eles pra ver quem tem mais acesso à grana do patrocinador, mas a cúpula mesmo deles não tem rixa, não.

Quem é o grande patrocinador? A Fiesp?

A turminha que a gente vê em foto é o pessoal da Fiesp... da Suzano... que teve aí o caso da Suzano de corrupção de 3 bilhões...aí veio o Feffer fazer fotinho com a Carla... ah, tenha dó!

O David Feffer?

Eu não sei qual dos Feffer...eu sempre confundo...mas tem um dos Feffer que tem uma foto com a Carla...

E o caso daquele cara que fez um vídeo na internet acusando a ex-mulher?

Ah, é o Marcelo Reis...

Falou de malas de dinheiro...esse dinheiro vem de onde? Vem do PSDB também?

Eu acho que se define muito bem o que aconteceu como “estelionato federal”. Eu acho que é isso aí mesmo. Foi um erro do pessoal da esquerda ficar nessa de “é golpe, é golpe”.  Porque o impeachment está previsto na constituição. Mas, assim, se tivesse alertado que era uma gambiarra, talvez tivesse tido um rumo diferente. Tinha muita gente querendo fazer barulho do lado de cá pra fazer a coisa certa... pra vocês aí o certo era nem ter impeachment; a gente queria que fosse a Dilma e o Temer junto. E não que fosse beneficiar o PMDB e o PSDB. Eles elegeram falsas lideranças que não são lideranças de nada nem de ninguém que são pautados por esses políticos e por esses empresários ligados a esses políticos.

Mas desde o começo o impeachment encaminhado era só da Dilma...e mesmo assim você apoiou...vocês pediram dela e do Temer, mas oficialmente isso nunca foi cogitado...

O próprio Marcelo Reis, lá atrás, quando começaram as manifestações falava em novas eleições. Por que mudou depois? Ele falava. Era o que a gente queria.

Quando a Dilma caiu você comemorou?

Quando chegou o impeachment eu já estava tão dividida, nem sabia mais se eu comemorava ou não. Porque não era a minha vontade também mais. Não era mais a bandeira que eu defendia.

A partir de que momento você achou que o impeachment não valia mais a pena?

Eu cheguei a ir com outras pessoas a Brasília pra levar o abaixo-assinado que tinha mais assinaturas do que o do Bicudo e camuflaram isso, justamente para fazer frente ao pedido do Bolsonaro que derrubava o Temer junto. E isso ofuscaram, isso não foi noticiado. Eu tentei, eu fiz a minha parte e outras pessoas também.

Quer dizer que o Bolsonaro defendia impeachment para os dois?

Na fundamentação dele estava para os dois. Agora não me lembro de cabeça, mas era alguma coisa que caía em inconstitucionalidade por essa fundamentação... não era pedalada dele.

Gosta do Reinaldo Azevedo, ele é ídolo da direita?

Eu chamo ele de Reinaldo “Azedo”. Tem vários apelidos. Desculpe, eu não quero interferir na tua forma de conduzir o assunto, mas, na boa, tem muita gente aí me criticando porque eu tô falando com o DCM, com vocês... vocês já meteram muito o pau em mim... mas o ponto é: por que ele noticia? Vem me entrevistar, então, para eu sacar umas poucas e boas na cara dele!

De quem você falou agora?

Do Reinaldo “Azedo”! Esse banana se quiser me entrevistar, tudo bem.

Conhece pessoalmente?

Graças a Deus que não, mas ele é um mentiroso, porque naquela ocasião da Yoani Sanchez que eu estava a favor eu vi que ele nem estava lá e escreveu como se estivesse. E não foi só isso. Marcos Duval, ele também prejudicou a vida do cara. Então... e várias outras coisas que ele mente...

Quem é Marcos Duval?

Marcos Duval é... foi... acho que é ainda, não sei direito...é um policial...

Eu não me lembro desse caso...o que aconteceu?

Olha, uma coisa que está agora na goela tipo vale a pena dar uma ênfase... o Claudio Tognolli foi demitido porque alfinetou o PSDB...

Foi demitido de onde?

Foi o Reinaldo “Azedo” que pediu a cabeça dele. Esse bosta... esse babaca...

De que jornal?

Era do “Pingos nos is”... da Jovem Pan.

E como você sabe disso?

Porque ele está dizendo isso nas entrevistas e ele agora tem um canal novo, ele mesmo falou...

Ele quem?

O Claudio Tognoli. Eu não conheço o cara, mas isso aí está na internet. Ele fez um vídeo contando e segundo ele foi o Reinaldo “Azedo”... eu não consigo falar Azevedo... que teria pedido a cabeça dele.

Qual é a relação do Aécio com esses movimentos?

Ele andou recebendo bastante esse pessoal lá no gabinete dele... e, aliás depois que ele entrou nessa coisa de receber e tudo aí mudaram as regras do jogo... não precisava mais ter novas eleições... eu era da turma da vaia inclusive...quando ele teve a cara de pau de aparecer na manifestação da Paulista.

Tem alguma relação de grana entre ele e os movimentos?

Então... por isso é que a gente está querendo uma CPI...tem muita gente disposta a falar e entregar numa CPI...pessoas que viram, em determinadas situações que tinha dinheiro circulando...

CPI do que?

Desses movimentos...todos... CUT também... MST também...porque o pessoal fica falando aí que eu estou traindo... não estou traindo nada, o que é certo é certo, o que é justo é justo...

Algum deputado já deu apoio?

Que eu saiba tem uma articulação nesse sentido, sim.

-----------------------------------------------------

Essa é a Carla Zambelli, do NASRUAS. Essa foto aí acima é ela com um Feffer. Daí, começou a aparecer com Joice e Janaína. Tá cheio de fotos com elas juntas pela internet. 



Essa foi uma manifestação que ela foi e esvaziou, deu pau, justamente porque a Isabella é quem refletia a opinião da maioria, não a Carla. Pra vc ver então como era o pensamento antes do imPIZZA. 

 

Esse dia a Carla estava com crachá vermelho, crachá de quem estava sendo aguardada, ou não seria vermelho

 

Não havia movimentos no início. Com a entrada deles começou essa baboseira de movimentos em que pelos grupos de whatsapp eles nomeavam porta-vozes e aí diziam que eram líderes, essas coisas... acho que quando começou a palhaçada então, chegaram a uns 80 movimentos, sendo que por vezes é um grupelho de whatsapp, ou página inexpressiva de Facebook - isso é movimento (?)(rs), 43 se "alinharam" a Carla, mas olha que de maneira:








Nota como queriam Dilma e Temer junto? E já falava lá atrás para acabar com foro privilegiado pra não ter que ficar fora isso, fora aquilo. Agora a bola da vez é o Renan, sou a favor que ela caia, "nosso lado" é a favor, mas se o ensejo do povo fosse realmente respeitado, não precisava agora usar esse mote pra fim político, vulgo "sangrar", termo que o Aécio usou para se referir a tudo que estamos passando. Pior que nessa de sangrar, eles só usam as casas pra discutir e manobrar coisas voltadas para eles, não para o povo. O Brasil estagnou, andou pra trás. 

 

A pesquisa que te falei que comprova que eles não respeitaram o povo. Isso aí só entre os pró-impeachment da Dilma, se somar com o resto que até o impeachment da Dilma era contra, já dá mais de meio Brasil. Por isso há grande quantidade de pessoas falando em estelionato federal.

O que eles falam do Caiado, veja como ele estava presente:

 

Essa foto aí acima da Carla com a Joice foi no dia da reunião com o Caiado.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247