Daniel Cara: Paulo Freire era radical, o oposto de sectário, que não está disposto a dialogar

Educador explica a distinção entre radical e sectário na teorização de Paulo Freire e faz uma relação com os atos do MBL no dia 12. “O Paulo Freire não iria, por motivos muito simples. Porque se tratava de um ato de sectários, que não estão dispostos de fato a dialogar"

www.brasil247.com - Daniel Cara e Paulo Freire
Daniel Cara e Paulo Freire (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Maurício Novaes/Divulgação Itaú Cultural)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O educador Daniel Cara, professor da USP e dirigente da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, explicou à TV 247, em entrevista que vai ao ar neste sábado (18) o perfil “radical” de Paulo Freire, patrono da educação brasileira. Freire completaria neste domingo (19) 100 anos.

"Uma das páginas mais belas da teorização do Paulo Freire é a em que ele faz a distinção entre o sectário e o radical. O sectário, para Paulo Freire, é quem tem uma visão pronta do mundo, inquestionável, totalmente amarrada. Uma visão que determina todas as respostas, mas que não conversa com a realidade. Tenta se impor em relação à realidade", disse Cara, complementando: "e o radical freireano é essa pessoa que se encanta com o diálogo, com a divergência. Mas não é a pessoa que se encanta com a divergência e vai para um debate de maneira simplesmente a ceder. Não, porque isso é anti-freireano. Quem cede é oprimido. A questão não está entre ceder e não ceder, está na qualidade do diálogo, para Paulo Freire. E o radical é aquele que enfrenta a qualidade do diálogo"

Cara faz uma relação das definições citadas com a mobilização do MBL contra Jair Bolsonaro no último dia 12 de setembro. “O Paulo Freire não iria, por motivos muito simples. Porque se tratava de um ato de sectários, que não estão dispostos de fato a dialogar. Eles estão dispostos única e exclusivamente a fazerem uso das outras pessoas - essa é uma característica do sectário. E quem vai para lá na verdade está colaborando com o sectarismo, e o objetivo de Paulo Freire é o inverso, é fazer uma conversa verdadeira".

PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email