Daniel Silveira se excedeu no uso da imunidade parlamentar, diz Mourão

Em contraponto, o vice-presidente também apontou excessos na condução do STF. General é primeiro do alto escalão do governo a comentar caso

(Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Metrópoles - O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) comentou o caso do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ). Para o general, o parlamentar se excedeu no exercício da imunidade parlamentar, o que levou o Superior Tribunal Federal (STF) a também se exceder no contragolpe.

Mourão foi a primeira autoridade do alto escalão do governo federal a falar abertamente sobre o caso. A declaração foi dada à CNN na manhã desta quinta-feira (18/2).

“Não se chega ao equilíbrio somando-se os excessos. O deputado seguramente excedeu-se no exercício da imunidade parlamentar. Contudo, isso não autoriza que outros agentes se excedam também, porque assim o sistema de freios e contrapesos fica contaminado”, disse o vice-líder.

Continue lendo no Metrópoles

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email