DCM: palestra de Moro em NY foi bancada por escritório contratado pela Petrobras

O evento organizado pelo pré-candidato João Doria (PSDB) que teve como palestrando Sérgio Moro "teve quatro patrocínios, entre os quais o escritório de advocacia Nelson Wilians, que se apresenta como o maior do Brasil", relata o jornalista Joaquim de Carvalho, no Diário do Centro do Mundo; "Entre os clientes de Wiliams, está a Petrobras, que é parte do processo da Lava Jato, como assistente de acusação"

moro doria
moro doria (Foto: Leonardo Lucena)

247 - "Em seu mais recente giro pelos Estados Unidos, Sergio Moro recebeu o prêmio de Personalidade do Ano, concedido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, participou de uma cerimônia na Universidade de Notre Dame e deu uma palestra no Fórum Investment Lide, de João Doria", escreve o jornalista Joaquim de Carvalho, no Diario do Centro do Mundo, acrescentando que o evento "teve quatro patrocínios, entre os quais o escritório de advocacia Nelson Wilians, que se apresenta como o maior do Brasil".

"Entre os clientes de Wiliams, está a Petrobras, que é parte do processo da Lava Jato, como assistente de acusação. Moro não revela quanto recebe por palestra, mas, em eventos da iniciativa privada, participações desse tipo não são feitas gratuitamente", diz. De acordo com o jornalista, "a relação de Moro com o escritório de advocacia é mais estreita, passa por ele e sua família". "Em um evento privado do Lide no Brasil, em 2016, quando Doria ainda nem era prefeito, ele e o dono do escritório estiveram juntos, Moro como palestrante (remunerado), Wilians como patrocinador", complementa. 

Leia a íntegra no DCM

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247