Débitos de campanha já somam R$ 65,7 mi; Doria lidera a lista

Faltando apenas uma semana para o primeiro turno das eleições, o débito acumulado por 1.670 candidatos já chega a 65,7 milhões. A liderança da lista dos maiores devedores, é exercida pelo ex-prefeito e candidato ao Governo de São Paulo João Doria (PSDB), que já contraiu dívidas de R$ 6,1 milhões; em seguida está o candidato ao governo do Tocantins Mauro Carlesse (PHS), com R$ 2 milhões

Débitos de campanha já somam R$ 65,7 mi; Doria lidera a lista
Débitos de campanha já somam R$ 65,7 mi; Doria lidera a lista
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Faltando apenas uma semana para o primeiro turno das eleições, o débito acumulado por 1.670 candidatos já chega a 65,7 milhões. A liderança da lista dos maiores devedores, é exercida pelo ex-prefeito e candidato ao Governo de São Paulo João Doria (PSDB), que já contraiu dívidas de R$ 6,1 milhões. Logo em seguida está o candidato ao governo do Tocantins Mauro Carlesse (PHS), com R$ 2 milhões.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, Doria já contratou despesas para a sua campanha cerca de R$ 14,1 milhões. A maior prestadora de serviços da campanha do tucano é a empresa Digital 21 Produções Artísticas, que teria faturado R$ 3,6 milhões até o último dia 26, quando o levantamento foi realizado. Doria também contratou uma empresa de marketing político, a Voto Estratégico 2018. Segundo o balaço parcial, a campanha de Doria já teria arrecado R$ 7,8 milhões, sendo R$ 4,8 milhões repassados pela Direção Nacional do PSDB.

Já as despesas mais altas realizadas até o momento por Mauro Carlesse estão junto a serviços de contabilidade, consultoria jurídica e produção de programas com conteúdo audiovisual. Ao todo, Carlesse já teria contratado R$ 3,7 milhões. Segundo a organização, a campanha "deverá receber doações dos partidos que a compõem, bem como dos integrantes da chapa" e "todos os gastos contratados seguem um planejamento e serão todos quitados dentro do prazo legal".

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247