Decotelli, que ficou apenas 5 dias como ministro, irá processar a FGV

Ex-ministro Carlos Alberto Decotelli irá processar a Fundação Getúlio Vargas (FGV) por uma nota que negava que ele havia sido professor da instituição

(Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro Carlos Alberto Decotelli, que ficou apenas cinco dias à frente do Ministério da Educação irá processar a Fundação Getúlio Vargas (FGV) por uma nota pública em que negava que ele havia sido professor da instituição. A informação é do blog do jornalista Lauro Jardim

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email