Defesa de Lula apresenta recibos originais: “são autênticos e idôneos”

Os advogados Cristiano Zanin Martins e Waleska Martins anunciaram em coletiva de imprensa nesta tarde que 31 recibos originais de aluguel do apartamento que fica ao lado de onde mora o ex-presidente Lula, em São Bernardo, de propriedade de Glaucos da Costamarques, serão entregues ainda hoje ao juiz Sergio Moro; "Os documentos são autênticos e idôneos e provam que a locação foi regular, e que os pagamentos foram feitos. A questão da locação agora está esclarecida", afirmou Zanin; ele ressaltou ainda que o processo em que Lula é acusado de ter adquirido o apartamento com dinheiro de propina da Odebrecht não é referente ao aluguel do imóvel

Os advogados Cristiano Zanin Martins e Waleska Martins anunciaram em coletiva de imprensa nesta tarde que 31 recibos originais de aluguel do apartamento que fica ao lado de onde mora o ex-presidente Lula, em São Bernardo, de propriedade de Glaucos da Costamarques, serão entregues ainda hoje ao juiz Sergio Moro; "Os documentos são autênticos e idôneos e provam que a locação foi regular, e que os pagamentos foram feitos. A questão da locação agora está esclarecida", afirmou Zanin; ele ressaltou ainda que o processo em que Lula é acusado de ter adquirido o apartamento com dinheiro de propina da Odebrecht não é referente ao aluguel do imóvel
Os advogados Cristiano Zanin Martins e Waleska Martins anunciaram em coletiva de imprensa nesta tarde que 31 recibos originais de aluguel do apartamento que fica ao lado de onde mora o ex-presidente Lula, em São Bernardo, de propriedade de Glaucos da Costamarques, serão entregues ainda hoje ao juiz Sergio Moro; "Os documentos são autênticos e idôneos e provam que a locação foi regular, e que os pagamentos foram feitos. A questão da locação agora está esclarecida", afirmou Zanin; ele ressaltou ainda que o processo em que Lula é acusado de ter adquirido o apartamento com dinheiro de propina da Odebrecht não é referente ao aluguel do imóvel (Foto: Gisele Federicce)

247 - Os advogados do ex-presidente Lula anunciaram nesta terça-feira 24 à imprensa que 31 recibos originais de aluguel do apartamento que fica ao lado de onde mora o ex-presidente Lula, em São Bernardo, de propriedade de Glaucos da Costamarques, será apresentados ainda nesta terça à 13ª Vara Federal de Curitiba, do juiz Sergio Moro.

"Os documentos são autênticos e idôneos e provam que a locação foi regular, e que os pagamentos foram feitos. A questão da locação agora está esclarecida", afirmou Cristiano Zanin Martins. Ele lembrou que o processo em que Lula é acusado de ter adquirido o apartamento com dinheiro de propina da Odebrecht não é referente ao aluguel do imóvel.

O advogado disse que será apresentada também o contrato de aluguel firmado entre o proprietário e Dona Marisa, esposa de Lula, falecida em fevereiro deste ano, e uma carta de Glaudos para a ex-primeira-dama, com data de 3 de janeiro de 2017, em que ele pede para que o aluguel seja depositado em outra conta bancária.

"A carta não faz nenhuma referência a qualquer espécie de débito, de dívida da locação", observa Zanin, destacando que isso prova que o processo de aluguel estava correndo sem qualquer irregularidade.

O ato da entrega será acompanhado de um notário para dar fé pública ao ato. De acordo com Zanin, a decisão tem como objetivo tornar o processo mais transparente.

Confira a fala dos advogados na coletiva:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247