Defesa pede fim de ação penal sobre contratos entre Odebrecht e sobrinho do ex-presidente Lula

Advogados também pleiteiam a extensão da decisão dada a favor do trancamento da ação penal em relação a Taiguara ao ex-presidente Lula em da “inépcia da denúncia” feita pelo Ministério Público

Taiguara Rodrigues dos Santos e fachada da Odebrecht
Taiguara Rodrigues dos Santos e fachada da Odebrecht (Foto: Lucio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu à Justiça o trancamento de um processo sobre contratos celebrados entre a empresa de Taiguara Rodrigues dos Santos, sobrinho de Lula, e a empreiteira Odebrecht. Segundo reportagem do blog da jornalista Bela Megale, petição foi apresentada junto Tribunal Regional Federal da 1a Região (TRF-1) e solicita a extensão de uma decisão dada a favor do trancamento da ação penal em relação a Taiguara.

Ainda conforme a reportagem,  os advogados também pleiteiam que ação contra Lula seja trancada em função da “inépcia da denúncia” feita pelo Ministério Público. A defesa argumenta que as acusações de corrupção e lavagem contra Lula não foram comprovadas. 

O trancamento do processo contra Taiguara foi determinado em maio pela Quarta Turma da Corte  por falta de provas. Na petição feita nesta terça-feira (23), o advogado Cristiano Zanin Martins solicita “a extensão dos efeitos daquela decisão ao ora paciente (Lula), determinando-se, por conseguinte, o trancamento da ação penal também em relação a ele”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247