Delação de Marcos Valério deve ser homologada em agosto, diz defesa

O publicitário Marcos Valério, acusado de ser operador de propinas para partidos políticos, está perto de conseguir homologar seu acordo de delação no STF, diz o advogado Fábio Genésio Vieira; expectativa é que a homologação ocorra nos dez primeiros dias do mês de agosto 

Delação de Marcos Valério deve ser homologada em agosto, diz defesa
Delação de Marcos Valério deve ser homologada em agosto, diz defesa

ConjurO publicitário Marcos Valério está perto de conseguir homologar seu acordo de delação no Supremo Tribunal Federal. Acusado de ser o operador do mensalão — tanto o tucano quanto o petista —, ele espera obter o sinal verde nos dez primeiros dias do mês de agosto.

Marcos Valério foi condenado pelos crimes de peculato, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e fraude contra o sistema financeiro.
Reprodução

A previsão foi feita pelo seu advogado Fábio Genésio Vieira, em entrevista ao jornal Hoje em Dia. A delação já foi fechada entre o publicitário e a Polícia Federal.

Na quinta-feira passada (5/7), Genésio foi à sede da PF em Belo Horizonte e anexou uma resposta à manifestação da Procuradoria-Geral da República, que é contra os acordos de delação firmados com a polícia. Marcos Valério tentou fechar acordos com o Ministério Público e a PGR, mas os dois órgãos se recusaram a seguir em frente com o processo.

"Estamos reiterando em manifestação ao ministro Celso de Mello os pontos colocados no acordo e a probabilidade de se efetivarem. É uma manifestação curta, de praxe, uma vez que ele vai julgar a validade do acordo", disse o advogado ao jornal.

Marcos Valério foi condenado a 37 anos, 5 meses e 6 dias de prisão em regime fechado pelos crimes de peculato, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e fraude contra o sistema financeiro. No acordo, propõe detalhar como usava suas agências de publicidade para desviar verba em contratos assinados com administrações públicas.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247