Delator diz que governador do Espírito Santo recebeu R$ 1 milhão

O ex-presidente da Construtora Odebrecht Benedicto Barbosa da Silva revelou que o governador do Espírito Santo, Paulo César Hartung Gomes, recebeu R$ 1 milhão da empreiteira durante as campanhas eleitorais de 2010 e 2012; em nota, Hartung afirmou que não disputou as eleições de 2010 e 2012. “Portanto, é mentirosa a informação de que teria recebido recursos da construtora Odebrecht nesses dois pleitos”, disse

01/01/2015- Vitória- ES, Brasil- Posse do Governador Paulo Hartung e do vice César Colnago , na Assembleia Legislativa. Foto: Reinaldo Carvalho/ ALES
01/01/2015- Vitória- ES, Brasil- Posse do Governador Paulo Hartung e do vice César Colnago , na Assembleia Legislativa. Foto: Reinaldo Carvalho/ ALES (Foto: José Barbacena)

247 - O ex-presidente da Construtora Odebrecht Benedicto Barbosa da Silva revelou que o governador do Espírito Santo, Paulo César Hartung Gomes, recebeu R$ 1 milhão da empreiteira durante as campanhas eleitorais de 2010 e 2012.

Segundo o delator, os “pagamentos indevidos” foram realizados em parcelas nos meses de setembro de 2010 e setembro de 2012. Na decisão em que determina a retirada do sigilo da decisão, o ministro Edson Fachin acata o pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para que os depoimentos – bem como os documentos juntados na delação – que citam o governador capixaba sejam remetidos ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Em nota, Hartung afirmou que não disputou as eleições de 2010 e 2012. “Portanto, é mentirosa a informação de que teria recebido recursos da construtora Odebrecht nesses dois pleitos”, disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247