Delta pode ter pagado 4 ‘mensalões’ a fantasmas

A julgar pelo que se ouve no STF em torno da Ação Penal 470, a CPI do Cachoeira terá com a empreiteira de Fernando Cavendish um problema maior; em lugar de cerca de R$ 70 milhões, como no caso em julgamento, empresa pode ter repassado R$ 291 milhões a 16 empresas inexistentes

Delta pode ter pagado 4 ‘mensalões’ a fantasmas
Delta pode ter pagado 4 ‘mensalões’ a fantasmas (Foto: Edição/247)

247– Quatro vezes o volume de dinheiro envolvido na Ação Penal 470, o chamado caso mensalão. Esse pode ter sido o montante de recursos repassados pela empreteira Delta, de Fernando Cavendish, a 16 empresas fantasmas, como forma de transferir pagamentos a seu esquema de obtenção de vitórias em concorrências públicas. Segundo levantamento realizado por técnicos do gabinete do senador Álvaro Dias, o valor total de R$ 291 milhões teria sido entregue pela Delta entre 2002 e 2012.

Os assessores do senador tucano, porém, acreditam que o desvio pode ser ainda maior. A CPI do Cachoeira ainda não recebeu todas as informações bancárias solicitadas, o que certamente fará com que a conta fique mais alta. No entanto, os tucanos já sabem que a Delta fez pagamento, no mesmo período, de R$ 2,8 bilhões a destinatários desconhecidos. O relatório da equipe do senador tucano é enfático, o que indica que, quando Cavendish finalmente se sentar diante da Comissão – ele já foi convocado, mas ainda não há data para o seu depoimento --, terá muito a explicar, se resolver contar ao menos parte do que sabe.

–  Até o presente momento, todas as informações trazidas nesta análise apontam, sim, para a possibilidade de financiamentos ilegais de campanhas políticas, mediante o desvio de recursos públicos por parte da empresa Delta Construções a partir da simulação de serviços prestados por supostas "fornecedoras" da mencionada empresa, registra o relatório.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247