Deputado do PSL quer convocar Lula e Dilma para serem ouvidos pela CPI do BNDES

Em um novo ataque para criminalizar a esquerda e o PT, o deputado federal Delegado Pablo quer convocar os ex-presidentes Lula, mantido como preso político em Curitiba, e Dilma Rousseff para prestarem esclarecimentos à CPI do BNDES. Os alvos seriam os contratos firmados, tanto no Brasil como no exterior, durante os anos em que o PT esteve à frente do Executivo federal

247 - Em um novo ataque para criminalizar a esquerda e o PT, o deputado federal Delegado Pablo (PSL-AM) quer convocar os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, mantido como preso político em Curitiba, e Dilma Rousseff para prestarem esclarecimentos à CPI do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômica e Social (BNDES). Os alvos seriam os contratos firmados pelo banco de fomento, tanto no Brasil como no exterior, durante os anos em que o PT esteve à frente do Executivo federal. 

“É de interesse desta CPI que se entenda o modus operandi da organização criminosa que tomou conta do BNDES. Ninguém melhor para explicar esse esquema do que o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que, durante dois mandatos, iniciou os ‘investimentos’ bilionários do BNDES no brasil e no Exterior”, diz o texto do requerimento feito pelo parlamentar. 

De acordo com a Coluna do Estadão, o requerimento poderá ser votado ainda nesta quarta-feira (7). 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247