Deputado do PSL sobre divulgação de vídeo: "poderá ser a pá de cal"

“Dependendo do conteúdo das gravações, poderá ser a pá de cal, o que faltava para terminar de enterrar um governo que conseguiu se autodestruir sozinho”, disse o deputado federal Júnior Bozzella, vice-presidente do PSL

(Foto: Agência Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Para o vice-presidente do PSL e deputado federal Júnior Bozzella, o vídeo da reunião ministerial de 22 de abril que será divulgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), pode ser a "pá de cal" no governo de Jair Bolsonaro.

“Dependendo do conteúdo das gravações, poderá ser a pá de cal, o que faltava para terminar de enterrar um governo que conseguiu se autodestruir sozinho”, analisou o parlamentar em entrevista ao Antagonista.

“Que existiram crimes todos nós já sabemos. Alguns de nós já estamos cobrando publicamente. Com a materialidade dos fatos, dificilmente os deputados conseguirão fechar os olhos. O Parlamento brasileiro não é surdo e, com certeza, não irá se tornar cego”, acrescentou.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247