Deputado do PSOL propõe Lei Maria da Penha LGBT

"A cada 20 horas, um LGBTI+ é assassinado. A população de travestis, mulheres transexuais e homens trans é ainda mais vulnerável. Se aprovada, essa Lei poderá garantir uma série de medidas protetivas que poderão salvar milhares de vidas", disse o deputado David Miranda, do PSOL-RJ, ao explicar a importância do projeto

Deputado do PSOL propõe Lei Maria da Penha LGBT
Deputado do PSOL propõe Lei Maria da Penha LGBT (Foto: Divulgação)

247- O deputado federal David Miranda (PSOL-RJ) protocolou seu primeiro projeto de lei nesta terça-feira (7). A proposta dispõe sobre a proteção de pessoas em situação de violência baseada na orientação sexual, identidade de gênero, expressão de gênero ou características biológicas ou sexuais, o que o deputado descreve como uma espécie "Lei Maria da Penha LGBT".

"A cada 20 horas, um LGBTI+ é assassinado. A população de travestis, mulheres transexuais e homens trans é ainda mais vulnerável. Se aprovada, essa Lei poderá garantir uma série de medidas protetivas que poderão salvar milhares de vidas", disse o deputado, ao explicar a importância da lei.

"Será um avanço civilizatório importante em tempos de obscurantismo. Mais um passo na direção da construção de uma sociedade verdadeiramente mais justa e democrática", finalizou David.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247