Descaso do governo Bolsonaro pode paralisar pesquisa científica sobre Covid-19

Uma pesquisa sobre coronavírus no país que custou R$ 12 milhões corre o risco de ser paralisada pelo descaso do governo federal

Ministro Interino da Saúde, Eduardo Pazuello.
Ministro Interino da Saúde, Eduardo Pazuello. (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Epicovid, uma pesquisa conduzida pela Universidade Federal de Pelotas, que já trouxe importantes elementos para o conhecimento da doença no Brasil, chega à terceira fase sem que o  ministro interino da Saúde Eduardo Pazuello dê alguma sinalização se que pretende prosseguir.

Trata-se de uma das mais importantes pesquisas amostrais sobre a Covid-19 que estão em campo hoje no país. 

Porém o MInistério da Saúde não mostrou nenhum interesse em levá-la adiante, informa o Painel da Folha de S.Paulo. 

A Epicovid é conduzida pela Universidade Federal de Pelotas e já chegou à sua terceira fase com um importante manancial de conhecimento sobre a Covid-19 no Brasil. 

A pesquisa foi encomendada pelo MInistério da  Saúde na gestão do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta e foi a campo em 133 municípios. O reitor da universidade, Pedro Halal, fez um apelo a parlamentares pela manutenção do estudo por mais dois ou três meses, sob o risco de o trabalho ficar incompleto. Se a pesquisa não for adiante, o governo desperdiçará um importante esforço científico e R$ 12 milhões já gastos. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email