Descontrole de Guedes e militarização do governo testam tática de isolamento de Bolsonaro

Jair Bolsonaro endurece a gestão ao colocar o general Walter Braga Netto na Casa Civil e testa tática do "isolamento de resultados" em relação aos ministro da Economia, Paulo Guedes. "O cenário ainda não indica rupturas, mas sim que o isolamento de resultados de Bolsonaro será cada vez mais posto à prova", diz o jornalista Igor Gielow

Jair Bolsonaro deixa Palácio da Alvorada
Jair Bolsonaro deixa Palácio da Alvorada (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - Para o jornalista Igor Gielow, o governo Jair Bolsonaro iniciou o ano de 2020 “dobrando a aposta no que se pode chamar de isolamento de resultados” lastreada no ministro da Economia, Paulo Guedes, “como garoto-propaganda do reformismo para a elite econômica e na incúria proposital no trato com o Congresso”.

Para Gielow, apesar do governo puxar para si o avanço das reformas de interesse do mercado, o mérito é na realidade do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). 

Agora, segundo ele, “com a intervenção militar na Casa Civil usar um híbrido de oximoro e chiste circunstancial, Bolsonaro sinaliza que pretende ver a fórmula dobrada neste ano”.

“O general Walter Braga Netto é considerado por colegas um homem competente, “no-nonsense” como diriam os americanos, o que já o diferencia de seu antecessor e de tantos outros membros do governo”. “Mas ele não estará lá para fazer articulação política, e sim para tentar arrumar a bagunça gerencial do governo”, avalia. 

“Neste ponto entra em conjunção com o cenário o descontrole verbal de Paulo Guedes. Ele nunca foi conhecido por sua habilidade política, mas a frase sobre empregadas indo à Disneylândia logo após chamar servidores de parasitas custaria a cabeça de qualquer autoridade na civilização almejada pelo ministro brasileiro”.

Para Gielow, “a questão é que essa combinação de fatores, em especial o econômico, é volátil. O cenário ainda não indica rupturas, mas sim que o isolamento de resultados de Bolsonaro será cada vez mais posto à prova”.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247