Desembargador manda Cachoeira e Cavendish para prisão domiciliar

Decisão do desembargador Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), também vale para os empresários Adir Assad, Marcelo Abbud e Cláudio Abreu, que, como Carlinhos Cachoeira, foram presos pela Polícia Federal no âmbito da Operação Saqueador nesta quinta-feira; Cachoeira foi preso em um condomínio de luxo em Goiânia, enquanto Cavendish, ex-dono da Delta Engenharia, está no exterior e é considerado foragido

Decisão do desembargador Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), também vale para os empresários Adir Assad, Marcelo Abbud e Cláudio Abreu, que, como Carlinhos Cachoeira, foram presos pela Polícia Federal no âmbito da Operação Saqueador nesta quinta-feira; Cachoeira foi preso em um condomínio de luxo em Goiânia, enquanto Cavendish, ex-dono da Delta Engenharia, está no exterior e é considerado foragido
Decisão do desembargador Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), também vale para os empresários Adir Assad, Marcelo Abbud e Cláudio Abreu, que, como Carlinhos Cachoeira, foram presos pela Polícia Federal no âmbito da Operação Saqueador nesta quinta-feira; Cachoeira foi preso em um condomínio de luxo em Goiânia, enquanto Cavendish, ex-dono da Delta Engenharia, está no exterior e é considerado foragido (Foto: Gisele Federicce)

247 – O desembargador Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), transformou em prisão domiciliar as prisões preventivas do contraventor Carlinhos Cachoeira e do empresário Fernando Cavendish, ex-dono da Delta Engenharia.

A decisão também vale para os empresários Adir Assad, Marcelo Abbud e Cláudio Abreu, que, como Cachoeira, foram presos pela Polícia Federal no âmbito da Operação Saqueador nesta quinta-feira.

Cachoeira foi preso em um condomínio de luxo em Goiânia, enquanto Cavendish está no exterior e é considerado foragido. A operação investiga um esquema de desvio de dinheiro em obras públicas que pode chegar a R$ 370 milhões.

Também nesta sexta-feira, o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, aceitou denúncia contra os 22 acusados no caso.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247