“Desgraça, mas é uma missão”, diz Bolsonaro sobre cadeira presidencial

“Não tenho apego aquela pipoca daquela cadeira presidencial. É uma desgraça aquele negócio, mas é uma missão. Enquanto Deus permitir, vou estar lá”, disse Bolsonaro a apoiadores em frente ao Palácio do Planalto

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Correa - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro disse a apoiadores, no Palácio da Alvorada, nesta sexta-feira (12), não ter apego à “pipoca” da cadeira presidencial e se referiu a ela como “desgraça”.

“Não adianta dar pancada em mim. Quer emagrecer 5kg? Te emagreço agora, corto teu braço! É o que os caras querem que a gente faça. Não tenho apego aquela pipoca daquela cadeira presidencial. É uma desgraça aquele negócio, mas é uma missão. Enquanto Deus permitir, vou estar lá”, disse Bolsonaro, segundo reportagem do Metrópoles.

Não é a primeira vez que Bolsonaro se refere ao cargo de presidente da República pejorativamente. No último dia 2 de fevereiro, ele afirmou também diante de apoiadores que 'sua vida é um inferno', se colocando como se estivesse fazendo uma sacrifício em continuar no cargo.

"Eu não sei o que eu vou fazer amanhã. Vou ver minha agenda de amanhã. Eu não sei. A minha vida é um inferno", disparou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email