Diário Oficial não publica demissão de Bebianno

O “Diário Oficial da União” (DOU) desta segunda-feira (18) não traz a exoneração do ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno, acusado de ter liberado R$ 400 mil de dinheiro público, do fundo partidário do PSL, para uma candidata "laranja" de Pernambuco; além de não trazer o afastamento do ministro, o DOU apresenta atos assinados pelo próprio ministro

Diário Oficial não publica demissão de Bebianno
Diário Oficial não publica demissão de Bebianno (Foto: Antonio Cruz - ABR)

247 - O “Diário Oficial da União” (DOU) desta segunda-feira (18) não traz a exoneração do ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno, acusado de ter liberado R$ 400 mil de dinheiro público, do fundo partidário do PSL, para uma candidata "laranja" de Pernambuco, que concorreu a uma vaga de deputada federal e recebeu 274 votos.

Desde sexta-feira circularam informações na imprensa de que o presidente Jair Bolsonaro já teria assinado a demissão de Bebianno, medida que seria oficializada nesta segunda.

Além de não trazer o afastamento do ministro, o DOU apresenta atos assinados pelo próprio ministro, segundo o Valor Econômico. O secretário-geral da Presidência aparece determinando a competência para atuação na Secretaria de Administração da Presidência da República.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247