Dilma defende Jandira da 'política do machismo'

A presidente Dilma Rousseff usou as redes sociais nesta quinta (7) para defender a deputada federal Jandira Feghali (PC do B/RJ), que foi alvo de agressões dos também deputados federais Alberto Fraga (DEM-DF) e Roberto Freire (PPS-SP); "A política fica menor – com p minúsculo – quando é praticada com base no sexismo e no machismo. Minha solidariedade à deputada Jandira Feghali, ameaçada no plenário da Câmara, na noite de quarta-feira, por expor suas ideias. Jandira Feghali, você só engrandece a luta das mulheres na política brasileira. Avante, com força e fé. #JandiraMeRepresenta", publicou Dilma; Jandira foi empurrada por Freire e destratada verbalmente por Fraga, que disse que "mulher que participa da política como homem e fala como homem, também tem que apanhar como homem"

A presidente Dilma Rousseff usou as redes sociais nesta quinta (7) para defender a deputada federal Jandira Feghali (PC do B/RJ), que foi alvo de agressões dos também deputados federais Alberto Fraga (DEM-DF) e Roberto Freire (PPS-SP); "A política fica menor – com p minúsculo – quando é praticada com base no sexismo e no machismo. Minha solidariedade à deputada Jandira Feghali, ameaçada no plenário da Câmara, na noite de quarta-feira, por expor suas ideias. Jandira Feghali, você só engrandece a luta das mulheres na política brasileira. Avante, com força e fé. #JandiraMeRepresenta", publicou Dilma; Jandira foi empurrada por Freire e destratada verbalmente por Fraga, que disse que "mulher que participa da política como homem e fala como homem, também tem que apanhar como homem"
A presidente Dilma Rousseff usou as redes sociais nesta quinta (7) para defender a deputada federal Jandira Feghali (PC do B/RJ), que foi alvo de agressões dos também deputados federais Alberto Fraga (DEM-DF) e Roberto Freire (PPS-SP); "A política fica menor – com p minúsculo – quando é praticada com base no sexismo e no machismo. Minha solidariedade à deputada Jandira Feghali, ameaçada no plenário da Câmara, na noite de quarta-feira, por expor suas ideias. Jandira Feghali, você só engrandece a luta das mulheres na política brasileira. Avante, com força e fé. #JandiraMeRepresenta", publicou Dilma; Jandira foi empurrada por Freire e destratada verbalmente por Fraga, que disse que "mulher que participa da política como homem e fala como homem, também tem que apanhar como homem" (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente Dilma Rousseff usou as redes sociais na noite desta quinta-feira (7) para sair em defesa da deputada federal Jandira Feghali (PC do B/RJ), que foi alvo de agressões dos também deputados federais Alberto Fraga (DEM-DF) e Roberto Freire (PPS-SP).

"A política fica menor – com p minúsculo – quando é praticada com base no sexismo e no machismo. Minha solidariedade à deputada Jandira Feghali, ameaçada no plenário da Câmara, na noite de quarta-feira, por expor suas ideias. Jandira Feghali, você só engrandece a luta das mulheres na política brasileira. Avante, com força e fé. #JandiraMeRepresenta", publicou Dilma.

Na quarta, Alberto Fraga disse à deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) que “a mulher que participa da política como homem e fala como homem, também tem que apanhar como homem”. A declaração ocorreu porque Jandira acusou o deputado Roberto Freire (PPS-SP) de ter batido nas costas do comunista Orlando Silva (SP) e de ter empurrado seu braço. 

Mais cedo, a própria Jandira expressou seu repúdio ao fato. Leia aqui

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247