Dirceu: “Nós precisamos ocupar as ruas desse país”

Ex-ministro José Dirceu mandou um recado para a militância do PT; em áudio distribuído em grupos de Whatsapp, criticou o golpe contra o mandato da presidente eleita Dilma Rousseff e pediu aumento da mobilização contra o governo de Michel Temer; "Eles na mão nos tiraram do governo. Nós não devemos ter ilusão nenhuma, nós precisamos ocupar as ruas desse país, nós precisamos conversar como o povo. E nós precisamos reconquistar aquilo que nós ganhamos quatro vezes democraticamente, legitimamente, que é o governo do Brasil", disse Dirceu

Ex-ministro José Dirceu mandou um recado para a militância do PT; em áudio distribuído em grupos de Whatsapp, criticou o golpe contra o mandato da presidente eleita Dilma Rousseff e pediu aumento da mobilização contra o governo de Michel Temer; "Eles na mão nos tiraram do governo. Nós não devemos ter ilusão nenhuma, nós precisamos ocupar as ruas desse país, nós precisamos conversar como o povo. E nós precisamos reconquistar aquilo que nós ganhamos quatro vezes democraticamente, legitimamente, que é o governo do Brasil", disse Dirceu
Ex-ministro José Dirceu mandou um recado para a militância do PT; em áudio distribuído em grupos de Whatsapp, criticou o golpe contra o mandato da presidente eleita Dilma Rousseff e pediu aumento da mobilização contra o governo de Michel Temer; "Eles na mão nos tiraram do governo. Nós não devemos ter ilusão nenhuma, nós precisamos ocupar as ruas desse país, nós precisamos conversar como o povo. E nós precisamos reconquistar aquilo que nós ganhamos quatro vezes democraticamente, legitimamente, que é o governo do Brasil", disse Dirceu (Foto: Aquiles Lins)

247 - O ex-ministro José Dirceu mandou um recado para a militância do PT. Em áudio distribuído em grupos de Whatsapp, criticou o golpe contra o mandato da presidente eleita Dilma Rousseff e pediu aumento da mobilização contra o governo de Michel Temer. 

"Eles na mão nos tiraram do governo. Nós não devemos ter ilusão nenhuma, nós precisamos ocupar as ruas desse país, nós precisamos conversar como o povo. E nós precisamos reconquistar aquilo que nós ganhamos quatro vezes democraticamente, legitimamente, que é o governo do Brasil", disse o ex-ministro na gravação.

Uma grande demonstração contra o governo Temer nas ruas deve ser dada na sexta-feira, 30, quando será deflagrada nova greve-geral. A paralisação tem o apoio das principais centrais sindicais e de movimentos sociais do País. Além de cobrarem a saída de Michel Temer, desejo expresso por 90% dos brasileiros (leia aqui), e a retirada das reformas trabalhista e da Previdência, os manifestantes pedem convocação de eleições direta.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247