Eduardo Bolsonaro faz lista de embaixadores indicados por Lula

O repórter fotográfico Hugo Barreto, do Metrópoles, flagrou o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) prepando uma lista com nomes de outros não diplomatas que assumiram o cargo de embaixador durante o governo Lula

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um flagrante do jornal Metrópoles. feito pelo repórter fotográfico Hugo Barreto, revela que o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) prepara uma lista com nomes de outros não diplomatas que assumiram o cargo de embaixador durante o governo Lula.

O flagra foi feito durante sessão da Câmara dos Deputados que vota os destaques ao texto-base da reforma da Previdência, nesta sexta-feira (12).

De acordo com a reportagem, "enquanto era discutida a reforma da Previdencia – principal pauta do governo de seu pai, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) –, tinha a atenção voltada para seu telefone celular".

Eduardo digitava em seu celular nomes de políticos como o ex-presidente Itamar Franco, o ex-presidente do DEM, Jorge Bornhausen, José Aparecido Oliveira e Oswaldo Aranha, que atuaram como representantes brasileiros em outros países, apesar de não terem tido carreira diplomática no Itamaraty. Nenhum deste, no entanto, eram filhos ou sequer parentes do presidente.

"Ao lado dos nomes dos políticos, vinha a inscrição do presidente que os indicou: Itamar Franco, FHC e Lula. Com isso, Eduardo Bolsonaro enumerava argumentos para defender o seu pleito de assumir a embaixada brasileira em Washington", relata o jornal. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email