Eduardo Bolsonaro protege pai e impede depoimento no caso Itaipu

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) conseguiu blindar o pai contra uma tentativa de colocar Alexandre Giordano para falar no Congresso sobre o caso Itaipu. Liderando a Comissão de Relações Exteriores da Câmara, ele comandou a derrota, em uma votação atípica, da proposta de realizar uma audiência pública com Giordano

Deputado Eduardo Bolsonaro
Deputado Eduardo Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) conseguiu blindar o pai contra uma tentativa de colocar Alexandre Giordano para falar no Congresso sobre o caso Itaipu. Liderando a Comissão de Relações Exteriores da Câmara, ele comandou a derrota, em uma votação atípica, da proposta de realizar uma audiência pública com Giordano.

A reportagem da revista Carta Capital destaca que "o episódio aconteceu na última quarta-feira, dia 11. Eduardo realizou a votação durante uma hora e meia. Votar por tanto tempo assim é inusual em comissões no Congresso. Nesse período, o filho de Jair Bolsonaro saiu à caça de governistas membros da comissão, via celular, para que fossem votar contra a audiência pública. A proposta de fato foi rejeitada."

A matéria ainda sublinha que "Giordano é personagem do escândalo que ameaça de impeachment o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, devido a um acordo selado e desfeito este ano sobre a usina de Itaipu. Foi citado como alguém que teria se apresentado, em reunião com autoridades paraguaias, como representante da família Bolsonaro."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email