Eis o nível da ministra do Trabalho de Temer

Num vídeo em que aparece aparentemente alterada, ao lado de quatro saradões, Cristiane Brasil, escolhida por Michel Temer para ser ministra do Trabalho, desqualifica a Justiça trabalhista e os trabalhadores que a processaram; "Todo mundo pode pedir qualquer coisa abstrata na Justiça, ainda mais a Justiça do Trabalho. Eu juro pra vocês que eu não achava que tinha nada pra dever para essas duas pessoas que entraram contra mim. E eu vou provar isso em breve", afirma; Temer briga na Justiça para nomeá-la porque este é o preço que seu pai, Roberto Jefferson, cobra para entregar votos para a reforma da Previdência; Brasil chegou ao fundo do poço

Num vídeo em que aparece aparentemente alterada, ao lado de quatro saradões, Cristiane Brasil, escolhida por Michel Temer para ser ministra do Trabalho, desqualifica a Justiça trabalhista e os trabalhadores que a processaram; "Todo mundo pode pedir qualquer coisa abstrata na Justiça, ainda mais a Justiça do Trabalho. Eu juro pra vocês que eu não achava que tinha nada pra dever para essas duas pessoas que entraram contra mim. E eu vou provar isso em breve", afirma; Temer briga na Justiça para nomeá-la porque este é o preço que seu pai, Roberto Jefferson, cobra para entregar votos para a reforma da Previdência; Brasil chegou ao fundo do poço
Num vídeo em que aparece aparentemente alterada, ao lado de quatro saradões, Cristiane Brasil, escolhida por Michel Temer para ser ministra do Trabalho, desqualifica a Justiça trabalhista e os trabalhadores que a processaram; "Todo mundo pode pedir qualquer coisa abstrata na Justiça, ainda mais a Justiça do Trabalho. Eu juro pra vocês que eu não achava que tinha nada pra dever para essas duas pessoas que entraram contra mim. E eu vou provar isso em breve", afirma; Temer briga na Justiça para nomeá-la porque este é o preço que seu pai, Roberto Jefferson, cobra para entregar votos para a reforma da Previdência; Brasil chegou ao fundo do poço (Foto: Paulo Emílio)

Revista FórumEm meio a um enorme impasse político, em função da impossibilidade de tomar posse no Ministério do Trabalho, a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) resolveu aproveitar a folga e gravar um vídeo, durante um descontraído passeio de iate, acompanhada de quatro homens, para se defender: "Todo mundo pode pedir qualquer coisa abstrata na Justiça, ainda mais a Justiça do Trabalho. Eu juro pra vocês que eu não achava que tinha nada pra dever para essas duas pessoas que entraram contra mim. E eu vou provar isso em breve".

A posse da filha de Roberto Jefferson foi suspensa pela presidente do Supremo Tribuna Federal (STF), Cármen Lúcia. A ministra Cármen analisou uma reclamação movida por um grupo de advogados, que contestou no STF a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que havia liberado a posse de Cristiane Brasil. O grupo, o mesmo que conseguiu nas primeiras instâncias barrar a deputada de assumir a pasta, alega que a nomeação da filha de Cristiane contraria o princípio da moralidade, determinado pela Constituição, por causa de condenações que Cristiane Brasil sofreu na Justiça Trabalhista.

Assista: 

 (*Com informações do Diário do Centro do Mundo)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247