Em 2° turno, o eleitor pode escolher “civilização ou barbárie”, diz Paulo Nogueira Jr.

Economista Paulo Nogueira Jr. alerta para um segundo turno da eleição presidencial tendo o candidato Jair Bolsonaro (PSL) uma das duas opções no confronto final; "Assim, é muito provável que o eleitor brasileiro se defronte com uma disjuntiva dramática: civilização ou barbárie?", diz o estudioso em sua coluna na Carta Capital

Em 2° turno, o eleitor pode escolher “civilização ou barbárie”, diz Paulo Nogueira Jr.
Em 2° turno, o eleitor pode escolher “civilização ou barbárie”, diz Paulo Nogueira Jr. (Foto: Esq.: em cima (Stuckert) - meio (divulgação) - embaixo (Marcelo Camargo - ABR) / Dir. Ilya Pitalev - Sputnik)

247 - Economista Paulo Nogueira Jr. alerta para um segundo turno da eleição presidencial tendo o candidato Jair Bolsonaro (PSL) como uma das duas opções no confronto final. "Assim, é muito provável que o eleitor brasileiro se defronte com uma disjuntiva dramática: civilização ou barbárie? E é por isso que a eleição de outubro está sendo vista por muitos como a mais importante desde a redemocratização", diz o estudioso em sua coluna na Carta Capital.

"Antigamente, a esquerda, mais confiante, ousava proclamar em situações semelhantes: socialismo ou barbárie? Foi-se o tempo. O horizonte dos adversários da barbárie estreitou-se consideravelmente. As ambições são mais modestas. Civilização, não mais socialismo. Quando alguém no Ocidente fala em 'civilização', subentende-se, de alguma forma, o conceito iluminista de civilização e organização da sociedade. A concepção moderna de civilização tem suas raízes principalmente nos filósofos franceses do século XVIII e na Revolução de 1789", acrescenta.

Segundo Nogueira, "um iluminismo tardio, maduro, desencantado é o anteparo contra as hordas bárbaras – não só no Brasil, mas em grande parte do mundo ocidental, acossado pela degeneração da democracia, pelo populismo de direita, pela xenofobia e pela regressão cultural". "Eis, em resumo, o que é preciso dizer agora: Fora Bolsonaro!".

Leia a íntegra do texto

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247