Em ato contra Gilmar, manifestantes jogam tomates contra fachada do IDP

Grupo formado por cerca de manifestantes realizou um protesto contra o ministro STF e presidente do TSE, Gilmar Mendes, e atirou tomates contra a fachada do Instituto de Direito de São Paulo (IDP), onde Mendes irá participar de uma palestra nesta segunda-feira (9); manifestantes questionavam o fato do ministro ter determinado liberdade a condenados pela Lava Jato, além de reivindicarem o fim do financiamento público de campanha, fim do fundo partidário e término do mecanismo da reeleição, além da adoção do voto distrital e da impressão do voto na urna eletrônica

Grupo formado por cerca de manifestantes realizou um protesto contra o ministro STF e presidente do TSE, Gilmar Mendes, e atirou tomates contra a fachada do Instituto de Direito de São Paulo (IDP), onde Mendes irá participar de uma palestra nesta segunda-feira (9); manifestantes questionavam o fato do ministro ter determinado liberdade a condenados pela Lava Jato, além de reivindicarem o fim do financiamento público de campanha, fim do fundo partidário e término do mecanismo da reeleição, além da adoção do voto distrital e da impressão do voto na urna eletrônica
Grupo formado por cerca de manifestantes realizou um protesto contra o ministro STF e presidente do TSE, Gilmar Mendes, e atirou tomates contra a fachada do Instituto de Direito de São Paulo (IDP), onde Mendes irá participar de uma palestra nesta segunda-feira (9); manifestantes questionavam o fato do ministro ter determinado liberdade a condenados pela Lava Jato, além de reivindicarem o fim do financiamento público de campanha, fim do fundo partidário e término do mecanismo da reeleição, além da adoção do voto distrital e da impressão do voto na urna eletrônica (Foto: Paulo Emílio)

247 - Um grupo formado por cerca de manifestantes realizou um protesto contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, nesta segunda-feira (9) em São Paulo. Manifestantes atiraram tomates contra a fachada do Instituto de Direito de São Paulo (IDP), onde Mendes irá participar de uma palestra.

Os manifestantes questionavam o fato do ministro ter determinado liberdade a condenados pela Lava Jato. "Ei Gilmar, me diz por que, você sempre solta seus amigos e os amigos do poder", cantava o grupo em coro.

Grupo também reivindicou o fim do financiamento público de campanha, fim do fundo partidário e término do mecanismo da reeleição, além da adoção do voto distrital e da impressão do voto na urna eletrônica.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247