Em baixa nas pesquisas, Bolsonaro volta a mentir que teria vencido no 1º turno em 2018, se a 'eleição fosse limpa'

Ele também acusou, sem provas, que o autor da facada contra ele na campanha de 2018 era 'um integrante do PSOL'

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News

Reuters - O presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar nesta sexta-feira que teria vencido a disputa de 2018 já no primeiro turno caso as eleições fossem limpas, ao retomar, mais uma vez sem provas, suspeitas de que no pleito no qual foi eleito na segunda rodada teria ocorrido algum tipo de irregularidade.

"Estávamos à beira do socialismo, país mergulhado na corrupção, país parecendo que não tinha um norte. Quis Deus que --sobrevivendo a uma facada de um integrante do PSOL-- também conseguisse sem partido, sem marqueteiro, sem televisão, ganhar umas eleições. Que era para ter ganho no primeiro turno se fossem umas eleições limpas no primeiro", disse ele, em solenidade no Macapá (AP) de inauguração de cabos de fibras óticas.

Nos últimos dias, após um período de trégua de meses e em baixa em pesquisas de intenção de voto à reeleição, Bolsonaro voltou a carga de levantar dúvidas em relação ao pleito de 2018 e o modelo de votação em urnas eletrônicas para a sucessão de outubro.

PUBLICIDADE

Por levantar suspeitas como essa, o presidente virou alvo de investigações por divulgar informações falsas e tentar desestabilizar o pleito perante o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

PUBLICIDADE

 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email