Em cinco meses, Temer liberou R$ 5,4 bi por meio de medidas provisórias

Ocupando a Presidência da República a apenas cinco meses, Michel temer já editou medidas provisórias liberando R$ 5,4 bilhões por meio de créditos extraordinários; decretos beneficiaram, principalmente, o Estado do Rio de Janeiro (R$ 2,9 bilhões), a Justiça Eleitoral, Justiça do Trabalho, Ministério da Integração nacional e, também, a própria União

Brasília - Secretário-Geral do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Sérgio Danese, e o vice-presidente da República, Michel Temer, recebem a vice-presidenta da Argentina, Gabriela Michetti, no Palácio Itamaraty (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Brasília - Secretário-Geral do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Sérgio Danese, e o vice-presidente da República, Michel Temer, recebem a vice-presidenta da Argentina, Gabriela Michetti, no Palácio Itamaraty (Marcelo Camargo/Agência Brasil) (Foto: Paulo Emílio)

247 - Ocupando a Presidência da República a apenas cinco meses. Michel temer já editou medidas provisórias liberando R$ 5,4 bilhões por meio de créditos extraordinários. Ao todo, Temer assinou cinco decretos que beneficiaram, principalmente, o Estado do Rio de Janeiro (R$ 2,9 bilhões), a Justiça Eleitoral, Justiça do Trabalho, Ministério da Integração nacional e, também, a própria União.

De acordo com matéria do UOL, os recursos liberados para o Rio de Janeiro, que passa por uma grave crise financeira, tiveram como finalidade principal a realização das Olimpíadas. O ministério ad Integração Nacional recebeu R$ 790 milhões. Os créditos foram liberados para mitigar os efeitos da seca na Região Nordeste.

Outros R$ 1,2 bilhão fora liberados por meio do Programa de Sustentação do Investimento e do Programa Emergencial de Reconstrução de Municípios Afetados por Desastres Naturais.

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247