Em Davos, Temer falará de compra de deputados, como 'engajamento' com reformas

Michel Temer vai ratificar o "engajamento" do governo pela reforma da Previdência no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, na próxima semana, disse o porta-voz da Presidência, Alexandre Parola; Temer irá discursar e apresentar indicadores econômicos brasileiros para líderes políticos e empresariais visando atrair investimentos; nesta semana, o governo anunciou que pretende liberar até R$ 30 bilhões em emendas, além de ampliar a oferta de cargos federais para cooptar deputados em conseguir os votos necessários para aprovar a reforma 

O presidente brasileiro, Michel Temer, durante café da manhã com jornalistas em Brasília, no Brasil 22/12/2017 REUTERS/Adriano Machado
O presidente brasileiro, Michel Temer, durante café da manhã com jornalistas em Brasília, no Brasil 22/12/2017 REUTERS/Adriano Machado (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O presidente Michel Temer vai ratificar o "engajamento" do governo pela reforma da Previdência em reunião do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, na próxima semana, disse nesta sexta-feira o porta-voz da presidência da República, Alexandre Parola.

Segundo o porta-voz, Temer irá discursar em sessão plenária do fórum e participará de um jantar, além de encontros com líderes políticos e empresariais, ocasião em que irá apresentar os indicadores econômicos brasileiros e irá defender que o país oferece oportunidades de investimentos.

Reportagem de Maria Carolina Marcello

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247