Em depoimento, Valeixo diz que Bolsonaro não pedia relatórios de inquéritos

O ex-diretor-geral da Polícia Federal Maurício Valeixo prestou depoimento por quase seis horas à PF nesta segunda-feira (11) em relação ao inquérito que busca investigar se Jair Bolsonaro interferiu na PF

Maurício Valeixo
Maurício Valeixo (Foto: José Cruz/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em depoimento à Polícia Federal nesta segunda-feira (11), o ex-diretor-geral da PF Maurício Valeixo afirmou que nunca lhe foi solicitado por parte da presidência da República relatórios de investigações em curso na superintendência da PF no Rio de Janeiro, de acordo com relatos obtidos na íntegra pela analista política Renata Agostini, da CNN.

"Em agosto de 2019 havia alguma investigação de interesse do presidente da República ou de seus familiares em curso na superintendência do Rio de Janeiro?", perguntaram delegados da PF a Valeixo, que respondeu que desconhece o fato e que não lhe foi solicitada nenhuma informação por parte da presidência sobre investigações ou inquéritos em andamento na superintendência do RJ.

Sobre a troca de comando na superintendência fluminense, Valeixo afirmou que não foi apresentada nenhuma razão técnica para a substituição.

Maurício Valeixo confirmou a versão do ex-ministro Sergio Moro em relação ao momento em que toma conhecimento da intenção de Jair Bolsonaro de trocar o comando da superintendência do RJ. Ele se encontrava na embaixada do Brasil em Washington quando o ex-ministro Moro lhe pediu para conversarem de forma reservada, momento em que Moro lhe transmitiu o desejo de Bolsonaro em mudar o superintendente do Rio de Janeiro.

Ele também contou que se sentia desgastado na direção-geral da PF e que teria manifestado a Moro "por diversas vezes" o desejo de deixar o posto.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247