Em entrevista à Time, Moro diz que não entrou no governo para servir a um mestre

O ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro, disse que entrou no governo "para servir ao País, à Lei” e não "para servir a um mestre"

Sergio Moro, ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro de Bolsonaro
Sergio Moro, ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro de Bolsonaro (Foto: Lula Marques)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Sergio Moro deu entrevista à revista Time durante a qual contou sua passagem pelo primeiro escalão do governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro e comentou sobre as denúncias que fez ao renunciar ao cargo de ministro no final de abril.

“Não era minha intenção atingir o governo”, disse. “Mas eu não me sentiria confortável com minha consciência sem explicar porque eu estava saindo”, informa o Estadão.

Moro acusou Jair Bolsonaro de tentar interferir no comando da Polícia Federal para obter informações sigilosas. 

Segundo Moro, na reunião ministerial de 22 de abril, Bolsonaro afirmou que iria interferir em todos os ministérios para obter relatórios de inteligência.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247