Em guerra com Renan, Tebet é cotada para assumir CCJ

De acordo com o site O Antagonista, "está quase tudo certo para que Simone Tebet comande mesmo a CCJ no Senado"; a senadora do MDB do Mato Grosso do Sul foi pré-candidata à presidência e perdeu para Renan Calheiros (AL), que foi o candidato do partido. Durante a eleição, lançou candidatura avulsa e em seguida retirou para apoiar Alcolumbre.

Em guerra com Renan, Tebet é cotada para assumir CCJ
Em guerra com Renan, Tebet é cotada para assumir CCJ (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

247 - Depois da batalha na eleição para a presidência do Senado, vencida por Davi Alcolumbre (DEM-AP), a disputa na Casa é pelo comando das principais comissões.

De acordo com o site O Antagonista, "está quase tudo certo para que Simone Tebet comande mesmo a CCJ [Comissão de Constituição e Justiça] no Senado". 

A senadora do MDB do Mato Grosso foi pré-candidata à presidência e perdeu para Renan Calheiros (AL), que foi o candidato do partido. Durante a eleição, lançou candidatura avulsa e em seguida retirou para apoiar Alcolumbre.

Considerada como a principal comissão da Casa, por ser a porta de entrada dos projetos, a presidência da CCJ também é cobiçada por Renan, portanto, a disputa promete fortes embates. 

Segundo o site, a primeira-vice-presidência deve ficar com o senador tucano Antonio Anastasia (PSDB-MG).

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247